África do Sul, Destinos, Kruger Park

Safari no Kapama!

18 jul 2012

Kruger Park é a opção mais conhecida da África do Sul quando se trata de fazer um safari. O parque é gigantesco e oferece uma diversidade muito grande de animais para os visitantes verem. O maior problema de lá é ter que fazer o safari por conta própria. Foi para evitar isso que escolhemos a reserva Kapama para nos hospedar e fazer os safaris. Além de ser a maior reserva privada da África do Sul ela oferece uma estrutura super bacana para os turistas. São 5 hotéis de preços e estilos diferentes para todos os gostos e budgets, safaris guiados em carros abertos, todas as refeições e uma experiência quase indescritível.

O Hotel

Ficamos no Kapama Southern River, um dos lodges mais típicos da reserva. Os quartos são simples (entendam rústicos e com teto que pareciam quiosques) mas muito simpáticos. A cama era maravilhosa e as “amenidades” do banheiro também.

O café da manhã e o almoço eram servidos em uma área super bem decorada com vista para uma parte da savana que ficava dentro dos limites do hotel. Muito lindo. O jantar é uma sensação a parte. Você come numa área aberta cercada por troncos no meio do mato e em volta de uma fogueira. Demais! Aliás, comida é o que não falta. Você come o tempo inteiro e a comida, apesar de bem americanizada, é uma delicia! Antes do safari tem um lanchinho, na volta um super café da manhã, às 13h tem o almoço, que também é delicioso. Um pouco antes do safari da tarde um chazinho com bolos e biscoitos, e na volta o jantar. Prepare-se para engordar! É inevitável.

Quem quiser uma piscininha com vista pra savana pode levar a roupa de banho. Além da piscina do próprio Southern Camp, é possível utilizar o wellness center do Kapama River Lodge que é o irmão mais chique dos Kapamas. Lá você tem spa com massagens, tratamentos de beleza, ofurô e muito mais.

Como chegar

Você tem três formas de ir ao Kapama: de carro alugado, avião ou transfer do hotel. Eu fui de carro pois estava com um grupo grande. São aproximadamente 5 horas de viagem dirigindo na mão inglesa (!!!). Achei meio tenso apesar das estradas serem maravilhosas. Não recomendaria essa forma.

De avião, se eu não me engano, o aeroporto de destino é o Eastgate. São 45 min de vôo em um avião pequeno e com limitações de bagagem. Você pode pegar esse vôo diretamente do aeroporto de Johanesburgo e o hotel te busca no aeroporto, é só você avisá-los sobre o horário de chegada e o número do seu vôo.

Para ir com o transfer do hotel você pode agendar diretamente com eles ou com alguma agência que faça isso. Eu usei a Siyabona África para reservar o hotel e sei que eles fazem reservas de transfer e também reservam um vôo se você preferir não ter esse trabalho. Eu gostei muito do atendimento. Eles resolveram todas as questões necessárias, fizeram as reservas certinho e esclareceram todas as dúvidas que tivemos ao longo do pré-viagem.

Dica! Se você for de carro fique atento ao caminho que o GPS vai indicar. Normalmente o GPS  indica um caminho muito maior do que o caminho indicado pelo próprio Kapama. Peça um mapa e as direções corretas para chegar. Fizemos o caminho errado na ida e por isso perdemos algumas horas e muita paciência pelo caminho. Na volta um casal de sul africanos que fez o Safari com a gente deu as indicações e explicou por quais cidades passar. Anotem ai: Do Kapama para Johanesburgo – Hoedspruit / Ohrigstad / Lydenburg / Dulstroom / Belfast / Middelburg / Witbank / Pretoria. O mapa mostra mais ou menos o caminho… não sei se as estradas são exatamente essas, mas acho que sim. Só pra vocês terem uma ideia.

O Safari

Fazer um Safari é uma experiência quase inexplicável! Uma sensação muito boa de poder e ao mesmo tempo impotência perante o mundo animal. Filosofei demais né?! Ficar a 3 passos de um leão enquanto ele coloca seus filhotes para dormir ou ver um leopardo caçando é incrível. E exatamente essa sensação que o game drive (como o safari é chamado por eles) te proporciona.

No Kapama o esquema é o seguinte: às 5h30 ou 6h (depende se é inverno ou verão) tem o primeiro game drive do dia. Eles ligam para o quarto, te acordam e você tem meia hora para se arrumar e comer um belisquete que eles oferecem antes da saída. Na volta o café da manha é servido. O segundo Safari acontece às 16h ou 16h30, e antes de sair você também pode tomar um chazinho e comer uns biscoitos. Esse Safari acontece até aproximadamente 19h, ou seja, no escuro, o que aumenta ainda mais a emoção.

Os safaris são feitos em carros abertos em que os bancos possuem niveis diferentes de altura para que todos vejam bem os animais. O driver (motorista e guia) vai te explicando sobre cada um dos bichos que vocês encontram no caminho enquanto o tracker (a isca), senta numa cadeirinha lá na frente do carro e vai iluminando e procurando pelos animais. É ele que olha pegadas no chão, árvores durrubadas, cocô e outros rastros para identificar onde os animais estão. Muito legal.

Como se vestir para o Safari

Me perguntei isso milhares de vezes antes de arrumar a mala. Mas no final das contas percebi que era bem mais fácil do que parecia. Como fui no inverno fui preparada para morrer de frio e foi exatamente isso que eu senti (especialmente durante os safaris que acontecem cedo na manhã e a noite).

Para as mulheres calça jeans ou legging, botas de cano alto/galochas e um ótimo casaco corta vento/frio são fundamentais. Para os homens não é muito diferente. Tênis com meia longa, jeans e um casacão. Levem luva, gorro, protetores de orelha e cachecol. Como o carro do Safari é aberto o frio fica bem intenso e ficar 3 horas sentindo frio não é nada legal!

Não pensem que no verão não faz frio… Levem um casaco mais grossinho (pelo menos para o Safari) e alguma proteção para o pescoço. Biquínis e sungas são bem vindos em todas as estações. A piscina é linda, deliciosa e o complexo Kapama ainda conta com um super spa praqueles que quiserem relaxar. Durante o dia as roupas são simples porque você não sai do complexo pra absolutamente nada.

Um adendo: para o safari optem por roupas de cores neutras como verde musgo, preto, azul marinho, bege… Nada de cores como vermelho ou amarelo. Elas chamam muito a atenção dos bichos e isso nem sempre é bom. Nesse caso em especial é péssimo. Deixem para comprar repelente na África mesmo. Nossos repelentes daqui não espantam os mosquitos de lá… muito menos o da malária, ok?

Acho que com isso vocês já tem uma base boa pra se preparar para o Safari certo?! Então preparem as máquinas, as malas e divirtam-se! Vocês também vão amar!

comissão booking hotel minicomissão real seguro minicomissão rentcars carro mini

Deixe seu Comentário
 
10 Comentários em "Safari no Kapama!"
  1. Marina Coelho   em 07/01/17 • 16h55

    Oi Nathalia, adorei os coments! Me explica uma coisa, o Southern e mais simples que o River Lodge? Estou reservando e estou em dúvida de em qual hotel ficar.

    • Nathalia   em 09/01/17 • 17h34

      Oi Marina,

      O Southern é mais rústico que o River sim. Eu visitei os dois e pessoalmente gostei muito do Southern exatamente por ser mais rústico.
      O River é mais atual, tem decoração mais moderninha. O Southern não. Ele é super elegante, porém, mais rústico.
      Fora isso, os safaris são os mesmos, a comida também.
      A escolha depende do seu estilo e budget. Se quer algo menos “áfrica”, vá com tudo no River. Do contrário, opte pelo Southern.
      Acho que a rede Kapama ainda tem outras opções lá dentro da reserva.

      Beijos

  2. Luciene   em 26/06/16 • 21h49

    Que legal seu relato.Quantos dias acha que seria legal reservar?sabe se aceitam crianças de 10 anos para cima? Obg

    • Nathalia   em 27/06/16 • 11h41

      Oi Luciene,

      Acho que maiores de 10 anos eles aceitam sim.
      O lugar é maravilhoso e as crianças vão enlouquecer.
      Muito bacana!

      Beijos

  3. Tereza Raquel   em 30/05/15 • 17h42

    Muito legal seu post. Já fui para África do Sul, mas fiz outro safari. Dessa vez, vou fazer no Kruger e vou ficar no Kapama tbm… Suas dicas me ajudarammt.. Vc fez o passeio de balão e o safari a pé? Vc foi em que mês?
    Obrigada,

    • Nathalia   em 01/06/15 • 09h34

      Oi Tereza,

      Não fiz o passeio de balao não. E na minha época não tinha safaria a pé, pelo menos não que eu lembre.

      Beijinhos

  4. Larissa   em 24/06/13 • 23h11

    Nathalia,
    que horas termina o safari da manha???
    Da pra pegar o voo de meio dia pra Joanesburgo??

    • Nathalia   em 25/06/13 • 09h14

      Oi Larissa!

      Você vai pegar o voo no Kapama mesmo?
      Se sim, provavelmente você vai ter tempo, porque em geral os safaris da manhã começam bem cedo (entre 5h30 e 6h30) e acabam perto das 9h no máximo!

      Beijos

  5. Larissa   em 05/12/12 • 21h57

    Tirou todas as minhas dúvidas sobre o Kapama! Adorei!! Beijos

  6. rafaela   em 30/08/12 • 11h03

    Oi Nathália… Adorei seu relato!!!
    Estou indo pra lá dia 01 de outubro (mesmo lodge, inclusive) e me ajudou um monte!!!
    muito obrigada!!
    bjooo

Voltar para a Home