Destinos, Koh Phi Phi, Tailândia

Phi Phi | Tailândia

24 abr 2013

Apesar de odiar matemática com todas as minhas forças vou começar esse post com uma equação: praias paradisíacas + vida noturna agitada (para quem quer) = Paraíso = Ko Phi Phi. A ilha do litoral da Tailândia passou a ser mais conhecida pelo mundo depois de sua grande participação no filme “A Praia”, com Leonardo Dicaprio. Aquele paraíso do filme existe e fica bem aqui. Também foi aqui, que em 2004, um Tsunami devastou tudo e matou milhares de pessoas. Mas Phi Phi vai (ou tentar ir) muito além disso. Suas vilas foram totalmente reconstruídas e hoje ela sobrevive muitíssimo bem com o turismo que toma conta do lugar.

coisas que amamos dicas viagem phi phi tailândia

  • Como chegar

Para entrar na Tailândia os brasileiros não precisam de visto. Para chegar a Phi Phi é simples: se for de avião, você precisa chegar a Phuket ou Krabi e dai pegar um barco para a ilha. Veja qual é a melhor opção para você e verifique os horários dos barcos. Saindo de Phuket o último barco tradicional (cujo trajeto leva 1h30) sai as 14h30. Varias empresas vendem o ticket para o mesmo barco, então não se preocupe em comprar com antecedência seu ticket. No próprio aeroporto o que não faltam são opções de empresas vendendo. Compare os preços e negocie para fazer uma boa compra.

Para a sua volta, deixe para comprar o ticket em Phi Phi mesmo. Eles tem muita oferta e por isso negociam melhor. Sabendo negociar você consegue até 30% de desconto no preço final. Realmente vale a pena.

Se por acaso seus horários não coincidirem com os horários do barco que levam para a ilha você pode optar por alugar um speed boat privado. Claro que essa opção é bem mais cara. Enquanto um ticket do barco comum sai por aproximadamente 400 baht por pessoa, o barco privado custa entre 8 e 12 mil bahts para varias (normalmente até 12) pessoas. Nesse caso o tempo de viagem é mais curto e você chega em Phi Phi em 45 minutos.

  • O que fazer

Praia, praia e praia. Basicamente é isso que você vai fazer em Phi Phi. E em nenhum momento pense em revirar os olhos, provavelmente esses serão os melhores dias de praia da sua vida. Um dos passeios mais comuns (e imperdíveis) é o que te leva a Maya Bay (a praia do filme do Leonardo DiCaprio). Como Phi Phi é separada em duas ilhas, Phi Phi Don que é onde ficam os hotéis, restaurantes e algumas praias e, Phi Phi Leah que não é habitada e tem diversas praias, você vai precisar de barco para fazer esse passeio. Minha sugestão é: negocie com um dos barqueiros que estará a sua disposição no centro, perto do píer ou em diversas praias. Você faz um “tour privado” com ele e além de ser mais confortável ter o barco só para você, a diferença de preço nem é tão grande assim. Em geral, o preço para fazer o tour privado de um dia inteiro passando por varias praias é 3 mil bahts (e esse preço pode ser dividido pelas várias pessoas que estarão no barco).

Dica!! Peca para o seu barqueiro sair cedinho (tipo 7h!) para o passeio e ir direto para Maya Bay. Como a praia ficou famosa, a quantidade de turistas é uma coisa absurda, então chegar cedo pode te proporcionar boas fotos e ótimos mergulhos sem ninguém ao lado.

A praia de Long Beach também é famosinha, especialmente para quem gostar de fazer mergulho com snorkel. Bem em frente a ela fica o famoso Shark Point. Você pode ir nadando e ver os tubarões de snorkel. Mas não se preocupem aparentemente esse tipo de tubarão além de não morder, é de uma espécie super inofensiva. Quem não quiser mergulhar com os tubarões não tem problema, a praia tem diversos bares com bebidinhas e comidinhas para todos os gostos.

coisas que amamos dicas de viagem phi phi maya bay tailandia

Outro ponto bastante famoso é o Viewpoint. O lugar nada mais é do que um mirante no alto de um morro (na rota de fuga do tsunami) que te permite ver boa parte da ilha de cima. A vista é realmente bem bonita e todo o esforço que você vai fazer para chegar lá em cima vai valer a pena.

Além disso, o centrinho é um lugar super agradável para passear. Além de lojas e restaurante ele oferece também muitos bares e agências de turismo que vendem passeios, festas, mergulhos… Aliás, quem quiser mergulhar com cilindro essa é uma boa opção. Em Phi Phi é possível encontrar diversos pontos para mergulho desse tipo, entre eles o Shark Point.

  • Onde ficar

Já falei por aqui que quase sempre gosto de hotéis que sejam bem localizados mesmo que isso me custe um pouco menos de conforto ou um pouco mais de dinheiro. Em Phi Phi consegui reunir duas coisas que eu queria muito: boa localização e hotel de frente para o mar. Fiquei no Andanman Beach Resort em Tonsay Bay. Um hotel simples mas com uma localização super boa. À 5 minutos a pé do centro e a 15 minutos de Long Beach. Sem falar na vista da piscina e do café da manha para Phi Phi Leah, que é linda de morrer.

Acho que ficar nessa região central é bom para quem quer conhecer a ilha e as coisas que ela oferece. Quem quer relaxar e passar o dia no hotel talvez seja melhor optar por alguma outra praia para ficar mais ausente do movimento de turistas e conseguir se desligar do mundo.

Se quiser ficar em um hotel super bacana, recomendo o Zeavola, um dos melhores da ilha. Ele fica afastado do centro, mas oferece uma estrutura de cair o queixo. Outra opção bacana, porém, mais afastada também é o Phi Phi Island Village Resort. Pertinho do centro e do hotel que eu me hospedei tem o Phi Phi Villa Resort e o Andanman Legacy, que são hotéis legais, porém mais simples e mais acessíveis.comissão booking hotel grande

  • O que fazer a noite e onde comer

No centrinho o que não faltam são opções. Para tomar uns drinks e se divertir tenho duas recomendações que eu adorei. A primeira é assistir ao “fire show”, que acontece na areia, no Carlitos Bar. O forte desse bar são as bebidas e o show, que é gratuito. Um pouco mais pra dentro da muvuca desse centrinho tem um bar com lutas de Boxe Tailandês ao vivo. Seria algo normal, se os lutadores não fossem os próprios freqüentadores do bar que sobem no ringue para lutar e ganhar uma bebidinha pela coragem e por terem divertido os outros freqüentadores.

Para comer são milhares de opções. O Le Grand Blue parece ser um ótimo restaurante. Tentei ir jantar lá um dia mas estava sem reserva e não consegui. Nas redondezas tem muitas opções veja a que mais te agradar e mande ver. Um restaurante que eu experimentei e adorei, foi o restaurante do último hotel da Tonsey Bay. Não gravei o nome, mas ele para a esquerda (olhando para o mar) do Andaman. Você vai pela areia mesma e janta a luz de velas com o barulho do mar e o pé na areia. Uma delicia.

Mais no meio do centrinho você vai encontrar muitas boates e bares dançantes também. Entre, tome seu drink, dê uma dançadinha pra descontrair. Vai ser no mínimo divertido.

coisas que amamos dicas de viagem phi phi 2 tailândia

  • Compras

Phi Phi é o paraíso dos turistas e por causa disso o que não faltam são bigingangas para comprar. Coisas que nós (turistas) amamos. Claro que os preços por lá são um pouquinho inflacionados, mas nada que com alguma lábia e muita negociação você não consiga mudar. Isso serve tanto para as barraquinhas quanto para as lojinhas do centro. Negocie sempre.

Na minha opinião, compras imperdíveis são: camisetas engraçadas e de cerveja (custa mais ou menos R$15), shorts de box tailandês, pulseiras e imãs. Sim, imãs. Os de lá são os mais lindos.

Pertinho do Carlitos, ao lado de uma pizzaria, tem uma loja que vende shorts jeans customizado. Além dos hsorts, eles tem outras roupas super bacanas e diferentes, vale a pena a visita. Lá você também vai encontrar muitas peças de Bali. Batas de praia, cangas, vestidões… os preços não são tão baixos quanto eu esperava, mas dá pra fazer umas boas comprinhas.

Ah! Pra quem me perguntou se eu acho que Phi Phi é uma boa opção para uma lua de mel… sim, eu acho perfeito. Lugar lindo, romântico, com boa comida… tudo de bom. Acho que é isso gente. Se vocês tiverem alguma dúvida ou quiserem saber alguma coisa mais específica perguntem aqui nos comments que eu respondo.

comissão booking hotel minicomissão real seguro minicomissão rentcars carro mini

Deixe seu Comentário
 
37 Comentários em "Phi Phi | Tailândia"
  1. Jackeline Oliveira   em 15/02/17 • 18h35

    Oi Nathália, dúvida: que hotel vc ficou? Que pena vc não lembrar o nome do restaurante pé na areia com velas e tudo… seria perfeito pra comemorar os dois anos de namoro…

    • Nathalia   em 06/03/17 • 09h17

      Oi Jack,
      Coloquei ali no post o nome do hotel que eu me hospedei. Fiquei no Andanman Beach Resort. Tem link no post!
      O restaurante é de um hotel que fica ao lado desse que eu fiquei, beeeem fácil de achar.

      Beijos

  2. Julia   em 29/06/16 • 17h40

    Naty, tudo bem?
    Encontrei seu blog do TT.
    Por coincidência, vi que você ficou perto do Phi Phi Villa Resort, que é o hotel que estou inclinada a ficar.
    Entre os três: Viila Resort, Andanman Beach Resort e Andanman Legacy, qual você ficaria se voltasse? Qual parecia melhor?
    Os valores são bem perto/parecidos, mas é muito difícil escolher qual ficar. O que você acha?
    Muito obrigada!
    Beijos, Júlia

    • Nathalia   em 30/06/16 • 09h07

      Julia,

      Honestamente? Não lembro muito bem deles, mas minha maior recomendação é: fique em um hotel que você possa fazer as coisas a pé!
      Isso faz toda diferença por lá.
      Como é uma ilha pequena e com pouca estrutura, se locomover a pé é uma grande facilidade.
      Desculpe não poder ajudar muito.

      Beijos

  3. Isabella Sena   em 13/06/16 • 21h34

    Oi Natalia, tudo bem ??
    Adorei suas dicas!!! ???
    Estou indo para Koh Phi Phi dia 20 deste mês e meu voo chega às 15:40 no aeroporto de Krabi, infelizmente depois das 16 h não saem mais ferrys do píer, porém agora não sei o que faco, se faço uma pernoite em Krabi Town e pego o primeiro Ferry no dia seguinte, ou se pego um speedboat particular, estamos em 5 pessoas, mas o único speedboat que encontrei que faz esse trajeto está por R$ 2.000,0, achei muito caro! Você tem alguma agência para indicar ou tem ideia de preço ???
    Obrigada !
    Isabella sena

    • Nathalia   em 14/06/16 • 09h04

      Oi Isabella,

      Então… no meu caso como o vôo atrasou, as malas demoraram a sair e tal, acabamos resolvendo lá na hora mesmo no porto.
      Assumo que foi uma negociação tensa e que ficamos bem preocupados quando o barco chegou para nos levar a Phi Phi.
      Era uma lancha com 3 caras mau encarados e nós (que éramos 2 casais).
      Lembro que pagamos um valor alto, mas não chegava a 2 mil reais não (pelo menos não na época).
      De qualquer forma, acho que vale sim você procurar um private boat pra te levar e ganhar uma noite extra em Phi Phi.
      Acho que vale mais do que ficar em Krabi.

      Beijos e boa viagem!!!

      • Isabella Sena   em 17/06/16 • 08h00

        Obrigada pelo retorno Naty,
        Decidimos reservar um speedboat e morrer nos 2 mil reais mesmo, é mais seguro!!! Um beijo!

  4. Carol Cheade   em 03/04/16 • 20h58

    Oi Nath, adorei as dicas!!! Parece fantasctico! Estou emplogada pra ir conhecer 😀 Bjos

    • Nathalia   em 04/04/16 • 15h36

      É incrível mesmo!
      Você vai amar! =)

  5. Nathalia   em 06/01/15 • 18h30

    Oi, Nathalia,

    Adorei o post e a dica do hotel! To pensando em ir pra Tailândia em julho (sei que não é a melhor época, mas é quando posso tirar férias) e fiquei com uma dúvida: é tranquilo ficar tipo uns 10 dias num hotel e ir conhecendo as praias, ou os lugares são distantes? Pensei em ficar três dias em Bangkok e depois ir pra Phi Phi e ficar o resto da viagem por lá… olhando o mapa a ilha parece pequena e acho que 10 dias são suficientes, o que você acha?

    Beijos e obrigada!

    • Nathalia   em 13/01/15 • 18h55

      Oi Nathalia,

      Em 1 semana você conhece Phi Phi tranquilamente, mas não é tranquilo de ficar lá para fazer bate e volta para outros lugares. Vale mais a pena você ir pra outra ilha ou pra outro ponto da Tailândia. Fui pra Ko Samui, além de Phi Phi e Bangkok e adorei!

      Beijos

  6. Marcela   em 22/12/14 • 12h26

    Parabéns pelo post! Super detalhado!

  7. Mariana   em 20/09/14 • 23h41

    Nina, amei suas dicas… Estou anotando todas!! Vou pra Tailândia em novembro e queria muito ter um jantar a luz de velas em Koh Phi Phi, como vc fez… O nome do restaurante não era Jasmine ou Tacada? Pesquisei na internet e parece que esses tem esse tipo de jantar. Se puder me dar informações de como chego neste local que vc foi, fico agradecida! Beijos! Obrigada

    • Nathalia   em 22/09/14 • 08h47

      Oi Mariana,

      o jantar a luz de velas foi num restaurante ao lado do meu hotel. Vai indo pelo calçadão até chegar no último hotel da praia e esse é o local do restaurante. Não fiz reserva e não sei se precisa, mas acho que é tranquilo só chegar.
      Ah! Meu nome é Nathalia. hahahahaha

      Beijos

  8. seguidores no twitter   em 27/05/14 • 03h02

    Amei este lugar !

  9. Georgiana   em 30/07/13 • 15h34

    Muitoooooooooooooooooo obrigada gata linda!!!!!!!! Vou pesquisar tudinhuuuuu!!!!!!rsrsrsrs

  10. Georgiana Kalaf   em 30/07/13 • 10h27

    Florzinha….tenho pesquisado bastante sobre a viagem, mas deixa eu te falar, pesquisei em agencias de viagem e tudo parece bem caro….. Vc tem uma média de preço q vc imagina q um casal gastaria para conhecer esse paraíso. Pelos preços q pesquisei, eu e meu amor gastariamos cerca de 40 mil, é isso mesmo?
    ps: Não temos necessidade de luxo, apenas um quarto limpo com ar condicionado e grana para comer e conhecer os lugares principais.
    Se puder me ajudar agradeço muito….. Bjusssss

    • Nathalia   em 30/07/13 • 10h30

      Nossa Georgiana! Não é isso tudo não!
      Gastei bem menos que isso e conheci vários países da ásia.
      Recomendo que você procure os vôo no Skyscanner.com que é ótimo, e os hotéis no booking.com
      Foram esses sites que fizeram a minha viagem.
      Neles você vai conseguir preços mais honestos.

      Beijos e boa sorte!

  11. Georgiana   em 23/07/13 • 09h45

    Aiiiiiiiiiiiiiiiii q perfeito….um sonho, mas tenho uma dúvida….
    Vc não ficou morrendo de medo de tsunami…ai tenho pavor, já tive até pesadelo com isso, imagina eu lá e de repente vem uma onda gigante vc pensou nisso em algum momento? Bjusssss

    • Nathalia   em 23/07/13 • 09h50

      hahahahahahahaah
      Georgiana, pra ser beeeem sincera com você, pensei nisso sim. Mas pensei muito mais antes de ir do que quando eu estava lá de fato.

      O que me assustou foi a dificuldade que eu tive para chegar no topo da rota de fuga do tsunami. Ai pelas fotos da pra ver, como eu estou suada, cansada e imunda. Se eu tivesse que subir aquilo correndo acho que ia morrer de exaustão no caminho! hahahahaha

      Mas se você parar para pensar, é uma coisa tão, mas tão rara, que não vale a pena ficar pensando nisso ou então vou vai deixar de curtir a sua viagem como tem que ser, né? Você fica o tempo todo pensando que vai sofrer um acidente de carro ou que um tubarão vai morder a sua perna no mar? Acho que não né?! É a mesma coisa…

      Meu conselho é: vai, e quando você chegar lá, vai ficar tão encantada, que não vai nem lembrar dos tsunamis. Tenho certeza que vai valer a pena! =)

      Boa viagem (e sem medo!)

  12. Thais   em 22/07/13 • 16h15

    Oie, adorei seu post!
    Tenho uma dúvida e já me deram tantas respostas que nem sei mais onde procurar a resposta certa… Quem sabe vc me ajuda?
    Quero muito passar minha lua de mel na Tailandia, mas vou na segunda quinzena de outubro e às vezes acho um pouco confusa a descrição do período de monções. Será que é uma boa época para ir pra lá e se não, qual a melhor época do ano para visitar a Tailândia?

    Obrigada e bjos

    • Nathalia   em 22/07/13 • 23h20

      Oi Thais!

      Pelo que li o periodo de monções é de maio a outubro. Sendo assim, acho que fora dessa época é bacana para ir.
      Mas lembre-se que de março a maio, são os meses mais quentes por lá, e dependendo de onde você vai, o calor pode ficar insuportável.
      Eu fui em fevereiro e achei bacana. Só peguei um dia chuvoso na viagem toda.

      Beijos e boa lua de mel (ah! Não deixe de ir a Phi Phi hein, lá é uma delicia para os recem casados!)

  13. Anny   em 18/07/13 • 14h54

    Partindo de Bangkok como eu faço pra chegar em PHIPHI?

    • Nathalia   em 18/07/13 • 15h02

      Oi Anny!

      Como coloquei ai em cima no post, para chegar a Phi Phi você deve pegar um barco de Krabi ou Phuket.
      Se você está em Bangkok pode ir de avião até um desses dois locais e de lá pegar seu barco para Phi Phi!

      Beijos

  14. Valéria   em 10/07/13 • 19h53

    Oi tudo bem? Por favor uma dica… O ideal é comprar a moeda local? Onde é ideal comprar? Ou eles aceitam dólar? Aguardo seu retorno e agradeço. Abraço 🙂

    • Nathalia   em 11/07/13 • 09h43

      Oi Valeria,

      Fiz a troca no aeroporto mesmo. E sim, alguns aceitam dolar, mas é sempre bom ter a moeda local.
      Não são todos os lugares que aceitam dolar como moeda corrente.

      Beijos

  15. Renata   em 26/04/13 • 23h24

    ai meu Deus, amei!!!!!!

  16. Regi   em 26/04/13 • 09h02

    Brigada pelas dicas!!
    Eu já vi todos os seus posts de viagem que você já publicou hehe
    Seu blog é muito gostoso de ler e as fotos são lindas
    Até já pergunto, qual a sua máquina?
    Eu queria ter incluído o Vietnã também no roteiro mas acabamos colocando Kuala Lumpur e vendo seus posts deu uma pena, mas com certeza ficará pra próxima hehe

    Beijos

    • Nathalia   em 26/04/13 • 09h10

      Oi Regi!

      Que bom que gosta dos posts e das dicas, faço com o maior prazer e adoro saber que está ajudando outros viajantes.
      Quanto a máquina nesse post aqui http://coisasqueamamos.com/2012/03/02/a-minha-foto-perfeita/ eu falei um pouquinho da minha escolha e da minha outra opção. Dá uma lida e vê o que você acha =)

      Tenho certeza que Kuala vai ser uma ótima também e na próxima você inclui o Vietnã.

      Beijinhos e boa viagem.

  17. Karol   em 25/04/13 • 12h19

    Olá! Adorei as dicas e sou louca pra conhecer a Tailândia, mas acha que é seguro de ir sozinha?
    Obrigada!

    • Nathalia   em 25/04/13 • 21h14

      Oi Karol,

      Sempre tive essa dúvida, mas ficou bem claro pra mim que não há nenhum problema em viajar para lá sozinha.
      Escolha um albergue bacana onde você possa fazer amizades e não se preocupe.
      Quando eu estava por lá, em Phi Phi mesmo, conheci uma carioca que largou o trabalho e resolveu tirar um trimester sabático. Como ninguém pode acompanhá-la ela resolveu fazer tudo sozinha.
      Segundo ela, super tranquilo e seguro. Bem melhor do que ela esperava.
      Então, com um relato desses, quem sou eu para contester né?
      =)

      Beijos

  18. Boia Paulista   em 25/04/13 • 11h19

    Oi, Nathi. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

  19. Regi   em 25/04/13 • 10h23

    Olá, descobri seu blog procurando informações sobre o Camboja e já adicionei nos meu favoritos =)
    Vou para a Tailândia tb, vai ser minha lua de mel, e adorei esse seu post, muito completo, eu já pesquisei bastante sobre o lugar na internet e seu post com certeza foi um dos meus favoritos!
    Se você puder me responder uma coisa, vocês foram para Bond Island no meus dia que Maya Bay?

    Beijos

    • Nathalia   em 25/04/13 • 11h13

      Nossa! Lua de Mel na Tailândia em especial em Phi Phi é sonho!
      Você vai amar muitoooo!

      Quanto ao passeio, você contrata um desses barqueiros que te leva de long tail boat para passear pelas duas ilhas (Phi Phi Don e Phi Phi Leah) e no mesmo dia você passa por Moskito Island, Bamboo Island, Maya Bay, Monkey Beach, James Bond Island e muitas outras que eu não decorei o nome.

      A dica desse passeio é sair cedinho e ir direto para Maya Bay que ainda vai estar vazia sem a turistada toda por lá.
      E como você contratou um barco privado, você fica o tempo que quiser em cada local. Vale super a pena.
      Mesmo só para um casal.

      Não esqueça de levar comidinhas e bebidinhas pq 90% dessas ilhas são desertas e não tem nada para comprar/comer, e o passeio vai começar cedo e terminar tarde, então… melhor se prevenir.

      Já que você vai para o Camboja também, dá uma olhada nesse post aqui http://coisasqueamamos.com/2013/04/16/diario-de-viagem-siem-riep-camboja/
      Talvez esclareça dúvidas e inspire ainda mais sua lua de mel.

      Aproveite muito e boa viagem!

  20. Nina   em 24/04/13 • 23h58

    Uma pergunta… (Lembrei agora).
    Ql empresa aérea q faz esse translado pra Tailândia.
    Pq fiquei suuuuper afim de me organizar pra qm sabe um dia ir pra lá… E não achei vôo nenhum… Nada encontra vôo nenhum.

    Eh isso.

    Bjinhos

    • Nathalia   em 25/04/13 • 08h53

      Oi Nina,

      Que bom que gostou do post. Também amo ler relatos de viagem por achar que estou viajando com a pessoa que escreveu.
      Sinto exatamente a mesma coisa! hahahaha

      Quanto ao voo para a Tailândia, depende de onde para onde você vai.
      Até Phuket fui com cias aéras maiores, de Phuket para Phi Phi fui de barco (em Phi Phi não tem aeroporto) e de Phuket para Samui, peguei um aviãozinho bem pequeno.
      Você pode procurar os voos no skyscanner.com acho que ele ajuda muito nesses voos internos internacionais.

      Beijos

  21. Nina   em 24/04/13 • 23h51

    Amei o post… Me apaixonei pelo lugar.
    Amo posts de viagens, pq a gente viaja junto vendo as fotos, dicas, etc.
    Adorei.

Voltar para a Home