Beleza

#projetonoiva: Freeze!

09 out 2013

Já contei pra vocês aqui, aqui e aqui alguns dos meus primeiros passos no #projetonoiva. Depois de uma dietinha e das massagens detoxi-redutoras, chegou a hora do Freeze. Já estou realizando esse procedimento há pouco mais de um mês e vou continuar fazendo até dezembro mais ou menos. O Freeze MP2 é um aparelho que associa duas tecnologias: a consagrada radiofrequência com pulso magnético. É indicado para flacidez corporal, redução de circunferência e melhora do aspecto da celulite. O objetivo é fazer um remodelamento da área através da contração das fibras de colágeno e elastina. Não há quebra da células de gordura e sim um compactamento da área tratada com diminuição de até 4 cm após o tratamento. Resolvi perguntar para Dra. Vanessa Metz tudo aquilo que eu achei que vocês poderiam querer saber sobre esse procedimento.

– Quem pode fazer?
Todos os tipos de pele e fototipos podem fazer.

– Quais as restrições?
Não pode estar grávida mas é super indicado para pacientes pós-parto para recuperar a barriga chapada de antes! Não pode estar com inflamação ou infecção na área a ser tratada.

– O que pode ser feito durante o tratamento com o freeze para seus efeitos serem ainda mais eficazes?
Combinar tratamentos além do exercício físico, claro. No caso de celulite e gordura localizada, associamos um gel redutor mobilizador de gordura com ultrassom para melhor penetração do produto e massagem modeladora da área. Para celulite, gel anticelulítico e vamos associar para esse verão a endermologia com o aparelho Vellashape 2. Para flacidez, associamos a eletroestimulação aussie com movimento passivos e ativos.

– Como ele funciona?
São movimentos circulares de uma ponteira com oito eletrodos ou seja multipolar onde há o aquecimento até 42°C e manutenção dessa temperatura por até 20 minutos em cada área tratada. Esse aquecimento leva a uma vasodilatação com uma melhor oxigenação das células nessa área. Com o aumento no metabolismo das células, melhor o funcionamento das mesmas e observa-se maior produção de colágeno e elastina e contração dessas fibras já existentes. Com isso, há um remodelamento da área.

– Pra quem ele é recomendado?
Para pacientes com flacidez cutânea, celulite principalmente pela flacidez da pele e para diminuição de circunferência.

– Qualquer pessoa pode fazer?
Sim. Somente as grávidas não podem fazer.

– Por que ele é tão bom?
Porque diferente de outros aparelhos de radiofrequência, ele cria ainda um campo eletromagnético que facilita a comunicação intercelular. Assim, as células “conversam” e funcionam da maneira mais correta.

– Se combinado com algum outro tratamento ou ação o efeito pode ser potencializado?
Claro! É muito indicado para pacientes pós-lipo cirúrgica ou não invasiva. Aqui na clínica, indicamos após a realização da Criolipólise, uma lipo não invasiva onde as células gordurosas se rompem pelo congelamento da área.

Com um mês de tratamento ainda não vi muita diferença, mas tenho a sensação de que de fato a minha gordura está diminuindo. Diferente da sensação que eu tinha com a massagem detoxi-redutora em que eu via uma redução de inchaço. Pedi para a Gabi, que trabalha com a Dra. Vanessa, focar meu tratamento na barriga e nos culotes e acho que vou ver bastante diferença em dezembro. Acredito que o efeito vá potencializar se o freeze for somado a uma boa alimentação e a uma rotina de exercícios. Ainda não é o meu caso, mas quem sabe até dezembro não mudo minha rotina meio sedentária e volto a comer melhor.

Deixe seu Comentário
Voltar para a Home