Beleza

#projetonoiva: Luz Pulsada + Peeling Químico!

07 jul 2014

Faltando tão pouco tempo para o casório, eu e a Dra. Vanessa Metz, minha dermatologista, resolvemos dar uma intensificada nos tratamentos de pele para eu chegar no dia do casamento com tudo em cima.

Contei nesse post aqui sobre minha mancha, também conhecida como Salvador Dalí. Apesar de odiá-la, ela já é quase de estimação, mas queria deixá-la um pouco menos aparente no casamento, e por isso, a Dra. Vanessa sugeriu a luz pulsada + o peeling químico dessa vez. Pedi para ela explicar um pouco sobre esses tratamentos pra vocês entenderem melhor o que é e como funciona.

coisas que amamos luz pulsada dra vanessa metz 1

O que é a Luz Pulsada? É uma luz de diversos comprimentos de onda capaz de gerar calor quando atinge o cromófaro ou alvo na pele.

Como ela funciona? No conceito de fototermolise seletiva aplicado a LIP, há uma absorção dessa luz apenas pelo cromófaro desejado exemplo dos pigmentos de melanina e de hemoxihemoglobina. Ou seja, a luz reduz um pouco a região escurecida.

Pra quem ela é indicada? As melhores indicações são para a retirada de lesões superficiais como sardas e melanoses solares e para vasinhos do rosto com ou sem rosácea associada. Outra indicação seria para o estímulo do colágeno mais profundamente. No caso das manchinhas, a absorção da luz pela melanina, gera um calor e essas manchinhas firam casquinhas bem superficiais que em torno de 7-10 dias caem e deixam uma área bem mais clara de pele. Já o calor nos vasos e nas fibras de colágeno promove uma contração com diminuição parcial ou completa do diâmetro dos vasos e um efeito tensor sobre as fibras de colágeno melhorando a sustentação do rosto.

Tem restrições? Sim. Nada de sol nem antes, nem enquanto está com as casquinhas. Antes porque se a paciente estiver bronzeada, a luz será absorvida também pela melanina da pele da paciente e aumenta o risco de queimaduras. No caso do aparelho que temos na clinica que é o Icon Palomar Aesthetic, ele possui o diferencial de ter um leitor de melanina chamado Skintel exatamente para a verificação da quantidade de melanina na pele da paciente. Isso aumenta muito a segurança do procedimento.

Porque ela foi uma boa opção para o meu caso? Para clarear as sardinhas já existentes e diminuir um pouco da vermelhidão da reunião malar onde você tinha alguns vasinhos que deixavam a pele sem um coloração homogênea.

coisas que amamos luz pulsada dra vanessa metz 2

Quando acabamos a luz pulsada, ela passou o peeling em mim e fiquei com ele aplicado mais ou menos umas 4 horas. Diferente da outra vez em que misturamos o peeling químico com o de cristal, dessa vez, misturamos o peeling químico com a luz pulsada, para dar uma força no adeus ao Salvador Dalí.

Nos dias seguintes fiquei com a pele vermelha e ela começou a descascar. As casquinhas apareceram bem de leve na região mais afetada e a pele parecia mais ressacada. Agora, que já passou mais de uma semana do tratamento, percebo a pele mais clara, mais vistosa e o Dalí está menos aparecido. Na região em que a pele descamou, é nítida a diferença. Uma pele nova (e linda!) estava ali embaixo pronta para aparecer. Curti!

Deixe seu Comentário
Voltar para a Home