Brasil, Destinos, Praia do Forte, Variados

Praia do Forte – Bahia

06 jan 2019

Esse fim de ano tivemos a oportunidade de passar a virada do ano na Praia do Forte, na Bahia. Fizemos uma viagem em família para relaxar, descansar e claro, curtir o que a Bahia tem de melhor: suas praias deliciosas, a comida que só os baianos sabem fazer e claro, a simpatia do povo.

Essa não foi a minha primeira vez na Praia do Forte. Estive lá há mais de 15 anos, e assumo que lembrava pouco da região. Foi uma delicia poder rever tudo, relembrar de algumas coisas, visitar novos lugares e dessa vez com a minha pacotinha.

Nesse post, vou dar algumas dicas sobre a Praia do Forte, um dos mais gostosos destinos do nordeste brasileiro. Como chegar, onde ficar (hotéis e pousadas para todos os gostos e bolsos), restaurantes, passeios…

 

Como chegar

A Praia do Forte fica no município da Mata de São João, a aproximadamente 60km de Salvador. Chegar até lá é simples. Do aeroporto de Salvador até a Praia do Forte são mais ou menos 1h de viagem. Alugar um carro é uma excelente opção para te dar mais liberdade de curtir a região como bem entender. Nos sempre alugamos com a RentCars e eu gosto muito. Costuma ter um bom preço e o atendimento é ótimo. Recomendo!

Dessa vez, como estávamos em 9 pessoas, optamos por contratar um transfer para nos levar até o hotel e na volta nos deixar no aeroporto. Em geral os próprios hotéis oferecem esse serviço. Você pode verificar com o seu hotel diretamente ou pode ver com o Bahia Vip Tour (71 – 9999.9931) que foi indicação de uma amiga. Preço bom e atendimento super de qualidade.

Melhor época para ir

No nordeste brasileiro não tem muita interferência das estações do ano. E Bahia é Bahia né? Durante o ano inteiro você vai encontrar temperaturas super agradáveis por lá. No verão, de dezembro a março, a região fica mais cheia por conta das férias e das festas de fim de ano. O mesmo acontece nos finais de semana e feriados, por conta da proximidade com Salvador.

O período de chuvas é de abril a julho, mas dificilmente isso fará com que a sua viagem seja arruinada. As chuvas acontecem no fim do dia e a noite. Nesse período, assim como no resto do ano, os termômetros não mudam muito.


Seguro Viagem

É um assunto que muita gente não pensa muito quando se trata de viagens nacionais. Mas como eu sempre digo, é melhor prevenir do que remediar. Se o seu plano de saúde cobre todo o Brasil, concordo você não precisa se preocupar com isso. Mas se a sua cobertura é apenas para a sua cidade ou estado, recomendo MUITO, que você procure um seguro viagem que atenda as suas necessidade.

Eu sempre recomendo o comparador da Real porque é o que eu uso. Acho prático e gosto do fato de poder comparar preços e coberturas de diversas empresas disponíveis no mercado e escolher aquele seguro que se encaixa melhor na minha viagem e no meu orçamento. Enfim, o alerta aqui é para não dar bobeira apenas porque a viagem é nacional. [CLIQUE AQUI PRA FAZER SEU ORÇAMENTO!]

Onde ficar na Praia do Forte

A região cresceu muito nos últimos anos, e esse crescimento se deu basicamente por conta do grande aumento do turismo por lá. Isso fez com novos hotéis, resorts e pousadas charmosas fossem surgindo, aumentando a concorrência e as opções para os turistas.

Por lá você tem dois tipos de hospedagem: aquele esquemão pé na areia, em um hotel gostoso de frente para o mar ou num hotel bacana na vila, perto do agito, dos restaurantes e das lojinhas.

Fiquei durante 1 semana hospedada no Iberostar Bahia. Um desses resortões, all inclusive, pé na areia. A Rede Iberostar tem um terreno gigantesco a 15 minutos de carro da Vila. Os dois hotéis ficam um ao lado do outro nesse terreno. A diferença entre eles é basicamente o preço. As acomodações são muito parecidas, o espaço também e oferta de restaurantes… não tive a oportunidade de comer no Praia do Forte, mas visitei o hotel e em termos de estrutura achei bem similar. Um ponto que acho que vale considerar é: se você tem filhos pequenos (por volta dos 4 anos ou mais) talvez eles curtam a estrutura infantil do Praia do Forte que tem uma piscina diferente para as crianças.

Com relação ao Bahia é exatamente aquilo que se espera de um resort all inclusive no nordeste. Boa estrutura, grande variedade de restaurantes, entretenimento da piscina e piscinas sem entretenimento também e claro, todas as comidas e bebidas liberadas. O quarto era bem amplo e confortável e eles foram super solícitos nos colocando no primeiro andar para ficar mais acessível ao carrinho da Vic. Inclusive um ponto positivo foi a preparação para atender crianças e bebês. Eles disponibilizaram berço no quarto, banheira para o banho, tinham uma copa do bebê que ficava aberta o dia todo com cadeirões, frutinhas e microondas caso você precisasse esquentar a comidinha. Além, é claro de clubinho kids (um para bebês – com espaço até para sonecas – e outro para crianças maiores), peça de teatro todas as noites, piscininha infantil monitorada…

Uma boa opção de hotel para famílias e amigos. Não é um hotel super luxuoso, pelo contrário. Mas atendeu bem a nossa necessidade.

Segue a mesma linha hotelzão da rede Iberostar, porém, é um nível acima no quesito luxo. É um hotel com uma super infra estrutura, boa gastronomia e muito conforto. Eles oferecem meia pensão com café da manhã e jantar incluídos.

O hotel conta com 7 piscinas, um spa super completo, academia e 3 restaurantes. E claro, como era de se esperar também tem uma super infra para receber os pequenos. Inclusive serviço de babá (pago a parte). Uma grande vantagem do Tivoli, ao meu ver, é que apesar de ser pé na areia e estar meio “isolado” de tudo, você na verdade está a 15 minutos de caminhada da Vila. Ou seja, você consegue reunir os dois tipos de viagem em um hotel só.

Excelente opção para casais, família e amigos. Estou doida para conhecer!

Outra boa opção de hotel na região. Diferente dos hotéis anteriores, esse não segue a linha resort. É uma pousada mais tradicional, mas não menos charmosa. Ela faz parte, inclusive, da seleção de hotéis do Roteiros do Charme.

Ela não fica pé na areia, mas fica bem pertinho da praia, tem um bom restaurante, piscina e fica na cidade, ou seja, a poucos passos da vila e do agito. É uma pousada mais rústica e charmosa. Uma boa opção, principalmente, para casais.

É uma das poucas opções que consegue estar pé na areia e no centrinho ao mesmo tempo. É gostosinha, tem boa localização, piscina e claro um bom custo x benefício.

Foi indicação de uma amiga que se hospedou lá. Ela escolheu essa pousada pela localização. Perto de tudo e afastado da confusão ao mesmo tempo. Perfeito. Tem piscina, quartos confortáveis e preço convidativo.

 

O que fazer

Além de curtir muito o sol e o mar da Bahia, a Praia do Forte ainda consegue te oferecer algumas atrações diferentes e bastante convidativas.

  • Projeto Tamar

Sem dúvidas a atração mais conhecida da região. Como estávamos com a Vic, fizemos questão de levá-la para conhecer o local que cuida e preserva tão bem das tartarugas. No passeio você passará por diversos tanques com tartarugas e outros animais marinhos e ainda participará de atividades como alimentação de tubarões, carinho nas arraias…

Durante o percurso você ainda aprende sobre os animais, como preservá-los… através de videos e palestras. A entrada custa R$26/adulto, crianças até 2 anos e maiores que 2 anos pagam meia, assim como os idosos.

A entrada do Projeto é bem no final da vilinha, na beira da praia e ao lado do farol. Super fácil de achar.

  • Passear pela Vila

Adoro esse tipo de programa. Curto ver o comércio local, perceber as transformações que o turismo fez ali, ver os restaurantes típicos, as lojinhas de artesanato… então passear pra lá e pra cá é uma ótima opção por ali.

Sem falar nos ícones da cidade que estão ali também, como a Igrejinha de São Francisco de Assis que é ao lado do Projeto Tamar, a rua principal aonde ficam os bares e restaurantes da cidade…

  • Castelo Garcia D´Ávila

Foi o forte construído no ponto mais alto do litoral baiano para avistar a chegada de navios invasores. Isso lá em 1551. Hoje, restaram algumas ruínas, que se misturam com a construção mais recente da capela de Nossa Senhora da Conceição. Você pode chegar lá com seu carro alugado, de tuk tuk (que pega na vila) ou de quadriciclo.

  • Praia do Lorde e Guarajuba

São outras duas praias, que ficam dentro do mesmo município de São João da Mata e são ainda mais lindas para mergulhar. A praia do Lorde é quase dentro da Praia do Forte. Ela tem uma entradinha um pouco depois da vila e forma lindas piscinas naturais.

A praia de Guarajuba é um pouquinho mais afastada e no seu canto esquerdo é deliciosa para quem gosta de mar calminho, piscininhas naturais e claro, água quentinha.

  • Observação de Baleias

No período de julho a outubro, diversas baleias jubarte vem para o litoral nordestino (de águas quentinhas) para acasalar e ter seus filhotes. Fazer um passeio de barco que vá perto delas é imperdível para quem tem curiosidade sobre esses animais. Na vila você consegue comprar avaliar diversas opções de passeios que te levam até pertinho delas.

(Foto: Booking.com – Tivoli Praia do Forte)

Onde comer

Se o seu hotel for all inclusive, há grandes chances de você ficar por lá e fazer todas as refeições nele. Mas minha sugestão é que você dê uma escapadinha para tentar saborear alguns bons restaurantes locais.

  • Risoteria Terra Brasil: Como o nome mesmo diz, restaurante delicioso e super charmosinho especializado em risotos.
  • Donana: Filial do renomado restaurante de Salvador, que abriu, recentemente, as portas na Praia do Forte. Especializado em peixes e frutos do mar, tem uma moqueca de camarão dos deuses.
  • Bar do Souza: Super tradicional pelo famoso bolinho de peixe.
  • VinoPizza e 7Pizzas: As duas melhores opções de pizza na cidade. Ótima pedida para quem quer dar um pause na comida baiana.
  • Casa de Farinha: Local super tradicional na cidade. Ótima pedida para quem ama tapioca.
  • Sabor da Vila: Restaurante mais simples mas de comida deliciosa. Fica bem no miolinho da vila.
  • Barraca do Carlinhos: Boa pedida para quem vai a Praia de Guarajuba. Tem boa comida, frutos do mar super fresquinhos e preço muito honesto.

Dicas

Algumas dicas variadas que podem te ajudar na hora de organizar a sua viagem ou até mesmo de curtir seus dias na Praia do Forte.

  • Leve repelente. Até mesmo para a praia.
  • Os tuk tuks da vila são uma excelente pedida de transporte para distâncias curtas (e pra quem está sem carro por lá). Negocie o preço antes e saiba que na alta temporada os preços ficam mais altos mesmo.
  • Não se preocupe com o ingresso para o Projeto Tamar é super tranquilo de comprar na porta, na hora em que você chegar.
  • Se for no período de Carnaval, lembre-se que a Bahia é a terra dos trios elétricos e das festas, e a praia do forte não fica de fora do roteiro de agito. Então, informe-se bem sobre a programação da cidade, sobre a programação do seu hotel e aproveite!
  • Em qualquer época do ano, a noite bate um ventinho fresco. Levar um casaquinho pode ser uma opção interessante. (Dica de mãe/vó! hahahah)
  • Se for para a Praia do Forte na alta temporada, tente fazer reserva nos restaurantes que quer muito conhecer. Não são todos que fazem reserva, mas vale a pena tentar para garantir sua refeição.

Com todas essas informações, agora é só curtir muito a Praia do Forte e o que a Bahia tem de melhor pra oferecer: suas praias, seu povo e sua comida deliciosa.

Espero que vocês aproveitem as dicas e curtam muito a Praia do Forte (como eu curti!). Pra fechar esse post, um videozinho com alguns dos melhores momentos que gravamos com o drone por lá. Foi o primeiro vídeo que fizemos com as gravações do drone e foi a primeira edição feita por mim no celular, então, sejam bonzinhos hehehheeh Achei que ficou bem legal para vocês terem uma ideia melhor das praias, do hotel e etc. Espero que curtam!

Se vocês quiserem dicas de outros destinos no Nordeste do Brasil, é só escolher e clicar nos posts abaixo:

Viajamos em Dezembro 2018. Vic tinha 1 ano e 5 meses.

Deixe seu Comentário
Voltar para a Home