Gravidez e Maternidade, Sono do Bebê

O sono do bebê depois dos 2 anos

23 maio 2019

Os dois anos pode ser uma fase bem desafiadora quando pensamos no sono das crianças. Existe uma regressão de sono, começa o terrible two, muitas crianças passam por mudanças grandes nessa fase da vida como entrar na escola, a chegada de um irmão, o desfralde, a hora de largar a chupeta e a mamadeira, a hora de sair do berço e ir para uma caminha e por aí vai. É uma fase marcada por birras, a criança quer ser o centro das atenções e mandar em todos da casa.

Quem se reconhece? Então se a situação está difícil na sua casa e se a hora de dormir se transformou no pior momento do dia, veja estas dicas, tenho certeza que elas te ajudarão a melhorar o comportamento do seu filho e consequentemente o fim do dia da família toda!

  • A primeira coisa é ter um ritual de sono, e vocês podem estar pensando: “De novo essa história de ritual? Isso nunca acaba?”. Pois saibam que esta é uma fase onde o ritual é um dos pontos mais importantes para a criança conseguir relaxar e dormir. O ideal é que ele seja muito agradável para a criança. Que ela tenha escolhas. Deixe dois pijamas para ela escolher qual quer vestir, dois livros para ela escolher a leitura, coloque alguma atividade calma e gostosa dentro desse ritual. Um ritual fraco vai apenas passar para a criança que a hora de dormir é chata. É um momento de parar de brincar, de interagir e ainda de se separar dos pais. Aproveite o ritual para interagir muito com a criança, isso já vai deixar essa hora bem mais gostosa.
  • Elogie muito quando seu filho for para a cama. Lembra do terrible two? Então, se ele for elogiado, vai pensar que está no controle e vai se sentir bem com isso.
  • Converse muito com a criança. Nessa fase é possível fazer combinados como por exemplo “durma na hora certa porque no fim de semana vamos fazer um passeio e você precisa descansar”. Se ela realmente quiser o passeio, ela vai aceitar melhor a ideia da hora de dormir.
  • Mesmo que ele saiba dormir sozinho, pode ser que ele desenvolva alguns medos nessa fase, então em algumas noites, fique com seu filho até que ele durma. Isso vai dar segurança e facilitar a hora do sono.
  • Invista em um objeto de transição. Se seu filho não tem uma naninha, deixe sempre dois objetos para ele escolher “quem” vai dormir com ele naquela noite.
  • Não esqueça de adequar o sono do dia. Uma criança nessa idade dorme cerca de 12 horas dentro das 24 horas do dia, ou seja, de 10 a 11 horas de noite e de 1 a 2 horas de dia. Não deixe dormir demais nem deixar a soneca de lado porque certamente a criança não estará preparada para adormecer em nenhuma das duas situações. Ou ela estará elétrica demais porque passou do ponto, ou ela estará muito disposta para conseguir relaxar e dormir.
  • Em alguns casos, se a criança pedir, deixe uma luz bem fraquinha no quarto. Algumas crianças ficam muito atordoadas se acordarem no meio da noite no escuro total. Se esse for o caso do seu filho, atenda o pedido de deixar alguma iluminação fraca.
  • Prometa um beijo adicional e cumpra o combinado. Essa dica é muito legal para as crianças que dormem sozinhas mas ficam chamando pelos pais. Então na hora que você colocar o seu filho para dormir, fale que você ainda vai voltar ao quarto, para um último beijo de boa noite. Depois de alguns minutos, vá até lá e faça isso. Seu filho ficará esperando, mas saberá que aquela é a hora de dormir, que a interação acabou.

Como sempre falo, não há o exatamente certo e errado no sono. É importante verificar o que funciona para sua família e usar as técnicas que melhor de adequam à sua casa. Essa fase é sim desafiadora, mas também é um momento único, onde seu filho estará no meio de um turbilhão de aprendizados. Aproveite o momento, mas ajude para que ele tenha o descanso correto para a idade e consiga manter um desenvolvimento físico, cognitivo e motor muito saudável!

………………

Se você quiser saber mais sobre sono do bebê, aqui no blog tem muitos posts que tratam desse tema. É só clicar aqui e escolher aquele que te agrada mais.

Deixe seu Comentário
Voltar para a Home