Viagem com bebê/criança, Viagens

10 dicas para envolver as crianças na viagem antes dela acontecer!

04 set 2019
como envolver a criança na viagem

Vic completou 2 anos e estamos nos organizando para fazer a primeira viagem com ela nessa nova idade. Agora, ela já entende que vai viajar, que vai andar de avião, que vai conhecer um lugar novo e fica muito animada com tudo isso. Mas para um criança tão pequena, é difícil fazê-la entender o pré-viagem, fazer com que ela fique interessada no que está por vir…

Por isso, estou há algum tempo fazendo atividades com ela para que ela se envolva na viagem de alguma forma. Não apenas porque ela vai viver tudo isso daqui a pouco, mas porque isso vai fazer com que a viagem em si fique muito mais interessante pra ela. Por isso, selecionei aqui 10 dicas que estão funcionando aqui em casa e acho que vão funcionar por ai também (e com crianças de qualquer idade!).

  1. Livros de História e Guias: Isso pode parecer “banal”, mas faz muita diferença. Procure livros infantis que falem um pouco do destino de vocês. Desde que decidimos ir para Paris, temos lido “Linéia no Jardim de Monet” pra Vic e ela está amando. Todo dia quer ler a Linéia e já fala pra todo mundo que vai ao jardim de Monet. Outra opção bem legal é mostrar algum guia da cidade para as crianças. Aqueles guias tradicionais são meio chatos para os pequenos, mas tem muitas fotos do que vocês vão ver e só isso já vale. Mas a Lonely Planet tem uma coleção chamada “Proibido para Adultos” com livros recheados de curiosidades sobre cada destino: Nova York, Roma, Paris e Londres (esses são os únicos traduzidos para o português). Tem também a coleção Isto é (This is) da Miroslav Sasek que fala de várias cidades do mundo.

Filmes: Outra coisa que faz muito sucesso com as crianças são os filmes que mostram um pouquinho daquele destino. Hoje em dia é super fácil de encontrar no Youtube, Netflix e AppleTV filmes infantis para “alugar”. Procure um que vá de acordo com a idade do seu filho e que possa interessá-lo de alguma forma. Faça desse momento um pré-viagem, mostre os pontos turísticos que aparecerem e curtam juntos.

Vlogs: Essa é uma mania minha, que passei pro meu marido e já estamos passando para Vic. AMO assistir vlogs de destinos que eu vou visitar (principalmente se eu ainda não os conheço). Além de gerar uma expectativa, você vê mais ou menos o que vai conhecer, sabe como será a sua visita, o que você pode e deve esperar… E já estamos fazendo o mesmo com a Victoria e ela está curtindo muito. A dica aqui é na hora de pesquisar no youtube, você colocar o “crianças” ou “kids” na busca (poer exemplo. Assim, os videos vão mostrar outras crianças e passeios relacionados a elas no seu destino. Isso além de despertar o interesse do seu pequeno pode acabar sendo útil para você também.

Idioma: Explicar para a criança que no seu destino as pessoas vão falar outra língua (ou se for dentro do Brasil, vale explicar sobre sotaques!) é super importante para que ela já chegue também sabendo que vai lidar com essa novidade. Coloque um podcast na sua língua, mesmo que nem você nem ela entendam nada. Ensine algumas poucas palavras básicas como “Obrigada”, “Por favor”, “Bom dia”… Isso não é nada pra gente, mas para ela vai ser um grande passo. Pode ter certeza.

Culinária local: Já contei diversas vezes aqui que Vic é super chata para comer. Mas não estou preocupada com isso, pelo contrário. Em todo lugar do mundo tem criança e tem comida, se ela sentir fome vai comer. O que eu tenho tentado fazer é apresentar desde já algumas comidinhas típicas do nosso destino. Croissants, queijos e batata frita já são velhos amigos da minha pequena. Claro que ela não come isso todo dia, mas já sabe que em Paris vai encontrar isso e muitas outras coisas. Não me custa nada apresentar um pouco da culinária para ela né? Na pior das hipóteses, eu “faço o sacrifício” de comer tudo sozinha! hahahaha

Brincando com seu destino: As brincadeiras são as formas mais lúdicas de envolver a criança na viagem. Você pode fazer um quebra cabeça com imagens do destino que vai, um jogo da memória, um álbum de adesivos homemade e até mesmo comprar cortadores de massinha na internet para modelar o seu destino. Aposto que seu pequeno vai amar ter uma miniatura de um ponto turístico importante, feita por ele, para levar com ele na viagem.

Música: Crianças são muito musicais, faz parte da natureza delas. Que tal usar isso a seu favor na hora de apresentar a próxima viagem ao seu filho? Vale tudo. Músicas na língua local, músicas que falem sobre aquele destino, musicais…

Fotografia: Por aqui Vic vê tanto a gente fotografando todos os momentos que já curte tirar uma foto. As vezes deixamos ela com o celular pra fotografar uma coisa ou outra, outras vezes ela finge que está tirando fotos com uma máquina imaginária. Dessa vez, compramos uma máquina fotográfica infantil que tira fotos de verdade. Com 2 anos isso não vai passar de um brinquedo eu sei, mas acho que ela vai curtir ter uma máquina igual a da mamãe para fotografar. Comprei essa daqui e achei um preço ótimo pelo que ela oferece. Mas ainda não usei para dar a minha opinião. Se você quiser uma mais simples, já demos essa de brinquedo pra ela e ela ama.

Crie expectativa: Claro que fazendo tudo isso você já está deixando seu filho com água na boca para essa viagem, mas criar expectativa e fazer com que ele mesmo veja o tempo da viagem chegando é muito legal. Até os 4 anos, eu sugiro um calendário de 15 dias. Em cada dia você pode colocar a imagem de um ponto turístico, por exemplo. Para os maiores, você pode fazer de 1 mês. Eles vão riscando dia a dia até o dia do embarque. É muito legal!

Arrume as Malas: Aqui em casa, tenho uma mania muito louca de fazer uma coisa que eu chamo de “enxoval de viagem”. Obvio que com a Vic não é muito diferente. Então, vou com ela a algumas lojas e escolhemos roupinhas que vão combinar com a nossa viagem. Ela escolhe uma, eu escolho outra e por ai vai. Não sei se os meninos tem esse interesse em roupas, mas você pode deixá-los escolher o look que vão usar no dia X ou no dia Y. Ou levar uma fantasia especial para eles usaram na viagem. Além disso, os maiores podem ajudar a arrumar as malas. Esse é um sinal de que a viagem está chegando. Mostre que você coloca roupa para frio e calor, que você checa a temperatura local antes de ir, que você leva remédios, que tem uma mala de mão… além deles se sentirem parte disso, já vão aprendendo a importância de uma mala bem feita em uma viagem.

Bom, agora é basicamente curtir a viagem e saber que você provavelmente você vai estar criando um serzinho apaixonado por viagens (como imagino que você seja!).

Divirta-se muito na sua viagem com o pequeno e depois me conta como foi o pré-viagem por ai e claro, se você tiver outras ideias de como envolver as crianças nesse momento, não deixem de compartilhar por aqui nos comentários.

Ah! Se você vai viajar de avião e está nervosa com isso, aqui tem alguns posts que podem te ajudar:

Boa viagem, bom pré-viagem e acima de tudo, divirtam-se muito, tenham um bom tempo em família e aproveitem! =)

Deixe seu Comentário
Voltar para a Home