Batalha, Cascais, Destinos, Fátima, Lisboa, Nazaré, Óbidos, Porto, Portugal, Sintra

Conhecendo o interior de Portugal!

17 mar 2015

coisas que amamos viajando de carro em portugal 1Pra terminar a sequência de posts sobre Portugal, resolvi falar um pouquinho como podemos fazer pra conhecer tantos lugares num curto espaço de tempo. Se tem uma coisa que posso garantir a vocês é: mais do que Porto e Lisboa, Portugal tem muitas cidades lindas para oferecer aos turistas. Sou muito suspeita para falar pois gostei muito (ousaria dizer que até mais) de algumas dessas cidades, do que das “grandes” cidades. Mas como fazer para visitar tanta coisa em tão pouco tempo? Você precisa principalmente saber dirigir e ser organizado.

Eu fui a Portugal com a família, nós éramos 8 pessoas e apenas 3 conheciam algumas coisas do país. Então, tentamos adequar as novidades com os lugares imperdíveis e organizamos alguns bate-voltas para conhecer essas cidadezinhas da região. Achamos que dessa forma, seria mais prático. Afinal, com tanta gente não é simples fazer check in e check out, carregar o carro (no nosso caso, van) com malas e etc…

IMG_9482Então, Lisboa e Porto foram nossas bases e de lá fizemos alguns bate-volta nas cidades das redondezas. Nossa programação ficou assim:

Dia 1 – Lisboa
Dia 2 – Lisboa
Dia 3 – Sintra e Cascais
Dia 4 – Fátima, Batalha, Nazaré e Obidos (dia bem corrido!)
Dia 5 – Ida para Porto e Reveillon
Dia 6 – Braga e Guimarães
Dia 7 – Porto
Dia 8 – Porto.

Já falei um pouco sobre cada um desses lugares em outros posts, mas sem dúvidas, com um pouco de organização é possível visitar tudo. A única coisa que eu teria mudado: colocaria Fátima no dia de ir para o Porto. É caminho e como em Fátima o único lugar que visitamos é o Santuário, dá tranquilamente para fazer em 2 horinhas.

IMG_9483Muitos desses lugares tem apenas um ou dois pontos turísticos então dá pra juntar mais de uma cidade no mesmo dia. Claro que é uma visita mais corrida e muitas vezes você não pode mega curtir o lugar, mas achei que foi tranquilo para conhecer os principais pontos dessas cidades e dar um check na maioria delas.

Meus lugares preferidos foram: Sintra, Cascais e Óbidos. Se eu pudesse teria tido um pouco mais de tempo neles. Para curtir a cidade, sabe? Me perder pelas ruelas, ver lojinhas, fazer mais e mais fotos…

Na prática o que você precisa:

– Alugue um carro. A carteira de motorista do Brasil é válida em Portugal e você não precisa se preocupar com isso. Você pode fazer de trem e de ônibus também, mas ai terá menos liberdade para montar seu roteiro e provavelmente irá conhecer menos lugares. Faça sua escolha.

coisas que amamos conhecendo o interior de portugal 1

– Avalie as cidades que você quer visitar com antecedência e veja o que há de bom para fazer em cada uma delas. Se chegar na cidade e ainda for procurar um posto de informações turísticas pra ver o que tem para fazer, vai perder tempo e ai não conseguirá otimizar sua visita. Se precisar de ajuda para fazer isso, contrate o Atelier Bon Voyage! hehehehe

– Cidades maiores ou que tem mais atrativos merecem mais tempo de visita. Não confunda seu desejo de conhecer uma cidade com o que ela tem para oferecer. Sintra é uma cidade que tem muitas atrações bacanas, então, exige um pouco mais de tempo na sua visita. Em compensação, Fátima só tem o Santuário e não precisa de muito do seu tempo. Entende?

– Tente organizar/prever suas paradas estratégicas. Informe-se sobre o que há para comer nas cidades. Algumas dessas cidades são tão pequenas que não tem muitos restaurantes. Isso também serve para a gasolina do carro. Os postos são super afastados, então, fique de olho na gasolina e pare com antecedência no posto para não correr riscos.

Gostaram da série de posts sobre Portugal? Agora preparem-se que vou falar um pouquinho sobre a Espanha nos próximos capítulos! =)

comissão booking hotel minicomissão real seguro minicomissão rentcars carro mini

Cascais, Destinos, Portugal, Sintra

Diário de Viagem: Sintra e Cascais.

09 fev 2015

coisas que amamos diário de viagem sintra portugal 1Uma das cidades de bate e volta que eu mais queria conhecer era Sintra. Já tinha lido sobre seus vários castelos e como a cidade era simpática. Pois bem, foi exatamente isso que eu encontrei e não me decepcionei nem um pouco. A cidade é bem pequena mas toda lindinha cheia de cultura, restaurantes, lojinhas e coisas para fazer. Uma graça!

Como chegar

Como estávamos de carro (alugamos aqui), fomos pela IC19 e a viagem dura aproximadamente meia hora. Se você estacionar na rua, procure pelas máquinas que cobram o estacionamento. Custa aproximadamente €0,50 por hora e você só pode pagar por 4 horas consecutivas, por vez.

coisas que amamos diário de viagem sintra cascais portugal 4Se você estiver sem carro e quiser ir de trem, fique tranquilo, pois é uma opção ótima e super fácil também. O trem sai da Estação Ferroviária do Rossio, no centro de Lisboa e o percurso leva pouco mais de meia hora. Tem trens saindo a cada 30 minutos e as passagens custam pouco mais de €2.

DICA: o estacionamento próximo aos palácios principais normalmente é grátis.

O que fazer

O que não faltam por aqui são opções do que fazer. A cidade é lotada de castelos históricos, cultura, lojinhas e restaurantes bacanas. Acho que passar um dia inteiro é o ideal se você quiser conhecer pelo menos 3 castelos, passear um pouco pela cidade e comer em um bom restaurante.

DCIM102GOPRO

  • Palácio da Pena: Erguido no topo da Serra de Sintra, a 500 metros de altitude, é um dos mais extravagantes do país, talvez do continente.
  • Castelo dos Mouros: Ruínas de um antigo forte da região. Suas muralhas e sua vista encantam os visitantes.
  • Quinta das Regaleiras: Foco nos fantásticos jardins, que escondem um dantesco mundo subterrâneo composto de túneis, grutas e poços.

coisas que amamos diário de viagem sintra cascais portugal 3

  • Palácio Nacional: Sobre as fundações de edificações árabes, ao longe o palácio é facilmente identificado por seu inusitado e robusto par de chaminés cônicas das cozinhas, de 33 metros de altura.
  • Palácio de Monserrate: é outra atração de tirar o fôlego. Construído por Francis Cook, retrata as origens do seu dono, misturando os estilos neo-mourisco, gótico e inglês. O palácio fica no topo de uma pequena colina e tem belos jardins ao seu redor.
  • Palácio Nacional de Queluz: Fica um pouco afastado da cidade de Sintra, mas faz parte do pacote da região. Teve sua construção iniciada por D. Pedro III, em 1747, e é a imagem do que aquela era representava: aparência e a ostentação, surgidas depois do descobrimento do ouro brasileiro. O Palácio de Queluz costuma ser comparado com Versalhes, na França.

coisas que amamos diário de viagem sintra cascais portugal 2

  • Cabo da Roca: É o extremo da Europa, o seu ponto mais ocidental. “Onde a terra se acaba e o mar começa”, como definiu o poeta Luís de Camões. Fica na região de Sintra, mas longe do centro histórico. DICA: Costuma ventar bastante, não esqueça de levar um casaco.

Infelizmente não tive tempo de ver tudo isso, mas passei por três desses castelos e gostei muito de alguns deles. Pra mim o Palácio da Pena e o Palácio de Queluz são bem bacanas. O Palácio Nacional, que eu também visitei, não achei tão incrível assim.

coisas que amamos diário de viagem sintra cascais portugal 5Onde comer

Não comi em Sintra, como fui para Queluz visitar o castelo, acabei comendo por lá. Mas nem se preocupe com isso, o que não faltam são opções bacanas e restaurante simpáticos para você comer na cidade. Mas se vocês quiserem uma indicação, me indicaram o Tulhas e o Periquita para o almoço. Os dois tem comida saborosa, fartura e preço bom.

coisas que amamos diário de viagem sintra cascais portugal 6Indo para Cascais

Como era inverno, acabei ficando pouco tempo em Cascais (priorizamos Sintra e só demos uma passadinha lá) e conheci pouco a cidade. Mas deu para ver um pouquinho de suas praias e de seu charmoso centrinho.

Achei muito válido ver o pôr do Sol na Boca do Inferno. É lindíssimo. Se você conseguir se organizar para chegar a tempo de assistir esse espetáculo, você não vai se arrepender. Depois disso, seguimos para o centro para dar uma passeada, conhecer as lojinhas, a feirinha e sentir um pouco do clima.

coisas que amamos diário de viagem sintra cascais portugal 1Como Cascais pode ficar no caminho de volta entre Sintra e Lisboa, acho válido dar uma passadinha pelo menos para conhecer um pouquinho e ver uma das cidades de praia mais charmosas e badaladas de Portugal.

comissão booking hotel minicomissão real seguro minicomissão rentcars carro mini