Bora Bora, Destinos, Polinésia Francesa

Four Seasons Bora Bora

20 out 2014

four seasons bora bora coisas que amamos viagem polinésia francesa 03Não sei nem por onde começar esse post. São tantas coisas pra falar, tantas fotos pra mostrar, que acho isso aqui vai virar um mini testamento. Pra começar eu preciso falar que nunca tinha ficado em um hotel como esse. Normalmente opto por hotéis mais “acessíveis” quando viajo e dificilmente o Four Seasons se enquadra no meu budget de viagem, mas como essa era uma viagem especial e a diferença de preço pras outras opções que nos interessavam não era tão gritante, não pensamos duas vezes e nos jogamos. Valeu a pena! Como valeu.

Optamos pelo bangalô sobre as águas com vista para a praia (ele é do mesmo tamanho dos outros, só que não tem vista pra ilha e por isso é um pouquinho mais barato). Quando chegamos lá nos informaram que havíamos recebido um upgrade e nós passaram para o bangalô com vista para o mar (e da pra ver um pouquinho da ilha e da praia também).

four seasons bora bora coisas que amamos viagem polinésia francesa 07 four seasons bora bora coisas que amamos viagem polinésia francesa 06 four seasons bora bora coisas que amamos viagem polinésia francesa 04 four seasons bora bora coisas que amamos viagem polinésia francesa 05O quarto é um caso de amor a parte. Tem tudo que você pode imaginar: roupões fofinhos, chinelo, bolsa de praia, toalhas, shampoo, condicionados, hidratante, repelente… Isso tudo pros hóspedes usarem a vontade. Além de ter a melhor cama do mundo que te engole quando você deita e te deixa com a visão perfeita para aquele mar azul incrível.

Por falar em mar, o que não faltam no hotel são opções de lugares para você curtir o dolce far niente. Além da praia principal, você encontra outras mini prainhas espalhadas que beiram a lagoa do hotel. A “lagoa” nada mais é do que um parte do mar que entrou pelo motu do hotel e formou pequenas lagoas lá dentro. Lindo demais!

four seasons bora bora coisas que amamos viagem polinésia francesa 01A piscina é um ótimo lugar pra descansar também. Além de milhares de espreguiçadeiras com serviço o tempo todo, eles prepararam umas cabaninhas acolchoadas que são perfeitas pra quem quer curtir o visual sem pegar sol ou pra quem quer um pouco mais de conforto na hora de relaxar.

Mas se você é do tipo que gosta de atividades, não se preocupe. Só fica a toa aqui quem quer.  A sede de atividades náuticas oferece diversos tipos de entretenimento como: aluguel de caiaques, paddles, canoa tahitiana… Tudo gratuitamente. Além disso, o próprio hotel oferece diversos passeios (pagos) que podem ser agendados pelo concierge na recepção.

four seasons bora bora coisas que amamos viagem polinésia francesa 08 four seasons bora bora coisas que amamos viagem polinésia francesa 10Pra relaxar o spa é a melhor opção. Além das massagens e tratamentos corporais (que são pagos e devem ser agendados com antecedência porque lotam), o spa ainda oferece gratuitamente saunas e “ofurôs” relaxantes. Eu ia quase todo fim de dia e adorava.

Se depois de tudo isso você ainda achar que falta alguma coisa, está coberto de razão. Os restaurantes, afinal, só estando muito bem alimentado pra fazer tudo isso. O hotel oferece quatro restaurantes: sunset (de comida asiática e que funciona a partir das 17h), o da piscina (que funciona até as 17h e oferece comidinhas mais rápidas como sanduíches e saladas), Tere Nui (que é onde rola o café da manhã e os jantares especiais) e o Ari Moana (que é de cozinha francesa e mais chiquesinho).

four seasons bora bora coisas que amamos viagem polinésia francesa 02 four seasons bora bora coisas que amamos viagem polinésia francesa 09Achei todos eles muito gostosos, mas achei que no geral as comidas eram um pouco caras. Normal para um Four Seasons, eu sei. Almoçava todo dia na piscina/praia e jantava de acordo com o evento do dia ou com minha vontade de experimentar um dos restaurantes.

Outra coisa que merece ser mencionada é o staff do hotel. Todos sempre muito solícitos e atenciosos, te chamam o tempo todo pelo nome e oferecem mimos como água geladinha, protetor solar na beira da piscina, toalhas novas na praia e até um cardápio vegetariano ou glúten free.

Resumindo: paisagem maravilhosa somada a um hotel incrível é, definitivamente, o paraíso na terra. Foi exatamente isso que eu achei. Fiquei encantada com tudo e se dependesse só de mim e da minha vontade eu voltava pra lá amanhã mesmo. (Não posso negar que fiquei um pouco deprimida fazendo esse post. Fiquei com muuuita saudade e quero voltar agora!!!)

comissão booking hotel grande

Bora Bora, Destinos, Polinésia Francesa

Bora Bora | Polinésia Francesa

11 set 2014

coisas que amamos viagem bora bora polinesia francesa 1Iorana! Vou começar esse post dizendo que nada que eu falar aqui vai fazer jus a beleza e ao encantamento desse lugar. Bora Bora é, sem sombra de dúvidas, o lugar mais lindo e mais incrível que já conheci na vida e nada que eu fale aqui vai traduzir isso, mas vou tentar!

Como chegar

A melhor forma de chegar é de avião. Se você vem de Moorea ou de Papeete, avião será sua única opção. Se você for de Tahaa ou Raitea, aí você vai optar pelo barco.

Bora Bora tem um pequeno aeroporto em um de seus motus e esta capacitada a receber aviões de pequeno e médio porte, por isso, não recebe nenhum vôo internacional direto. No aeroporto, alguém do seu hotel estará preparado para fazer seu transporte entre o aeroporto e a ilha. Do contrário, você terá que alugar um barco para fazer o trajeto. Não sei como funciona isso, mas pelo que andei sondando, não é barato. Portanto, se possível, já deixe tudo esquematizado com seu hotel para ter o transfer de ida e volta agendado.

coisas que amamos viagem bora bora polinesia francesa 2

Você pode ir em um cruzeiro também. Algumas empresas que fazem o passeio pela Polinésia param na ilha. Então, essa pode ser a sua forma de chegar até lá.

Onde ficar

O que não faltam são opções incríveis de hotéis para se hospedar. Tudo vai depender do seu budget. A recomendação que li antes de vir e que acho super válida seguir é tentar optar por algum dos hotéis que ficam nos motus e não na ilha principal. A vista da ilha é linda de morrer e ficando nos motus você terá a possibilidade de incluí-la na sua vista.

coisas que amamos viagem bora bora polinesia francesa 3Me hospedei no Four Seasons e como eu imaginava é indescritível. Todo o serviço, o staff do hotel, as refeições, o quarto…. Tudo é um sonho. Vou fazer um post só sobre o hotel, em breve, mas acho que se a hospedagem aqui couber no seu orçamento, vale a pena experimentar.

Quase todos os hotéis oferecem o famoso overwater bangalô, aquele bangalô sobre as águas. Os preços mudam de acordo com a vista, posicionamento e amenidades do quarto. Quartos com vista para a praia são mais baratos que quartos com vista para o oceano e para a ilha, por exemplo. Mas todos eles, sem exceção, tem seu próprio deck. Os mais caros, ainda oferecem piscina ou ofurô particular.

Mas claro que em Bora Bora existem outras opções de hospedagem. O St. Regis era a minha 2ª opção. Ele é tão caro e tão maravilhoso quanto o Four Seasons, então, pode se jogar nele com tudo. O queridinho dos brasileiros é o Intercontinental Thálasso, que muitas vezes divide sua preferência com o Intercontinental Le Moana. São ótimas opções pois são bons hotéis e bem mais acessíveis. Além deles também tem o Sofitel, o Le Meridien e o Hilton, que são muito procurados.

coisas que amamos comissão hotéis

O que fazer

coisas que amamos viagem bora bora polinesia francesa 4Muita gente pensa que em Bora Bora não há o que fazer. Estão redondamente enganados. Apesar de ter menos opções de passeios que em Moorea, em Bora Bora é possível realizar diversas atividades, basta ter disposição e dinheiro.

Nado com tubarões: como meu marido é aficionado por tubarões resolvemos fazer o passeio para ver o bichões por aqui também. Ainda bem que fizemos isso, pois amamos muito. Ele é totalmente diferente do que fizemos em Moorea. Pegamos um passeio que primeiro você nada com arraias mantra (aquelas gigantas que parecem bater asas), depois fomos para mar aberto e nadamos com dois tipos de tubarão (reef shark e lemon shark – ou seja, um menor e um grandão com mais de 2,5m!!!), depois ainda fomos alimentar os reef sharks em um outro ponto e também nadamos com eles aqui e por último, paramos para mergulhar com milhares de peixinhos. Sensacional! Recomendo demais.

coisas que amamos viagem bora bora polinesia francesa 7

Jet Ski: fizemos também o passeio de jet ski que dava a volta na ilha principal de Bora Bora e é uma delícia. Além de ver vários hotéis e sentir um pouco a adrenalina do passeio você consegue passar pelo milhares de tons de azul e verde do mar de lá. É um passeio caro, mas achei que foi bem bacana fazer. Acho que custa uns U$300 para o aluguel do jetski e podem ir duas pessoas.

Além desses passeios, você pode fazer mergulhos de garrafa, visita a motus para picnic, passeios na cidade principal da ilha, mergulhos de snorkel…

Onde comer

Todos os hotéis tem mais de uma opção de restaurante para almoço e jantar. Se você quiser sair do seu hotel para comer, além dos restaurante dos outros hotéis você tem também algumas opções na ilha.

coisas que amamos viagem bora bora polinesia francesa 5Nós recomendaram muito o Vila Mahana, um restaurante super exclusivo (são apenas 8 mesas) de um chef francês que tem meses de fila de espera para conseguir um jantar lá. No dia da nossa reserva choveu muito a noite se desistimos de ir. Não me arrependo pois a despesa era grande demais (transporte ida e volta + jantar) pra gente, mas acho que super vale pra quem quer conhecer uma restaurante mais chique e bacana por la.

Outro super recomendado foi o Blood Mary’s. Esse oferece transporte do hotel para o restaurante mas dizem que a comida não é nada demais e o que vale mesmo é o passeio até lá.

coisas que amamos viagem bora bora polinesia francesa 6

Compras

Como vocês podem imaginar Bora Bora é um local bem caro e não acho que seja um boa opção de lugar para fazer compras. As lojas do hotel são caríssimas e oferecem produtos para turistas e para esquecidos por 10x o preço normal.

Na cidade, pelo que me disseram, os preços praticados também são altos e não valem a ida até lá só pra isso. Acho que se a sua ideia é fazer compras, Papeete será melhor opção.

Dicas

– Traga repelente. Bora Bora é conhecida como moskito island!
– Compre sua bebida alcoólica no dutyfree. Mesmo que você pague uma taxa para beber no restaurante ou na piscina, provavelmente ainda vai sair mais barato que comprar lá. Fora que se você quiser beber no seu quarto você não precisará pagar nada.
– Se for homem não deixe as calças em casa. Alguns restaurantes só te aceitam com traje mais social
– Se for mulher, traga uma pashimina. O vento a noite pode ser friozinho.
– Palavras básicas super usadas aqui: Iorana = Oi / Maruru = Obrigado.

comissão booking hotel minicomissão real seguro minicomissão rentcars carro mini

Destinos, Moorea, Polinésia Francesa

Moorea | Polinésia Francesa

04 set 2014

coisas que amamos diario de viagem moorea 1Moorea é uma das 118 ilhas que compõe a Polinésia Francesa. Ela fica a apenas 17km do Tahiti, que é a capital e a maior das ilhas da Polinésia. Toda sua formação é vulcânica, o que faz da ilha um mix incrivelmente lindo de montanhas, plantações e mar. Por ser tão perto do Tahiti, é também uma das ilhas mais visitadas, perdendo apenas para sua irmã “ryca” Bora Bora.

Como chegar

Definitivamente a melhor maneira de chegar em Moorea, vindo de Papeete, é de barco. Você tem também a possibilidade de pegar um vôo da capital para Moorea, mas além de ser mais caro, pode não ser muito vantajoso pra você! Além dos vôos atrasarem frequentemente, os horários de saída são mais espaçados, e por isso há chances de você esperar muito entre os vôos.

coisas que amamos diario de viagem moorea 2Eu fui de catamarã. O barco que leva de uma ilha a outra é imenso e a travessia não leva mais que 20 minutos. Pra quem costuma ficar enjoado em barco (eu!) pode ficar tranquilo pois esse é ótimo e quase não dá pra sentir que você está navegando.

Você pode comprar seu ticket do catamarã diretamente no porto, ou se vier com alguma agência de viagem, eles normalmente compram pra você. Tem catamarã saindo a cada uma hora de Papeete para Moorea, então, provavelmente você terá que esperar pouco por ele.

Do aeroporto para o porto, você pode pegar um taxi, ou a sua agência de viagem terá um transfer para você. Não vi transporte público por lá, por isso, acho válido o taxi ou o transfer. Veja como é mais cômodo e confortável para você.


Onde ficar

coisas que amamos diario de viagem moorea 3Como em qualquer lugar da Polinésia Francesa isso vai depender muito do seu budget. Quanto pode gastar? Qual o nível de luxo que você quer? Qual sua prioridade quando o assunto é hospedagem? Isso tudo vai definir o seu hotel.

Quando fechei meu pacote informei para a agente de viagens da Pacific for Less (que eu recomendo muitíssimo! Procurem a Jennifer e digam que foi Nathalia Tosto que indicou) que não queria gastar muito em Moorea pois já gastaria em Bora Bora e que essa era a minha prioridade. Falei que não fazia questão de bangalô overwater e que pra mim era importante ter algum conforto e preço razoável. Como essa foi nossa viagem de lua de mel, nos permitimos gastar mais que o normal, mas ainda assim, sem torrar. Pelo menos não aqui.

coisas que amamos diario de viagem moorea 4Ela me deu algumas sugestões de hotéis, eu pesquisei outras (como o queridinho dos brasileiros, o Intercontinental) e no final ela me sugeriu o Sofitel Moorea Ia Ora com o argumento mais convincente de todos: aquilo que você espera de Polinésia Francesa você só vai encontrar no Sofitel. Aquele mar de cair o queixo de tão claro e uma vista deslumbrante é lá que você vai achar.

Cheguei a conhecer outros hotéis em Moorea e definitivamente acho que fiz a melhor escolha. Conheci um pouquinho do Hilton (o único 5 estrelas da ilha), do Pearl e do Intercontinental e acho que o Sofitel ganha de todos eles em termos de praia e belezas naturais. Atenção: isso não faz dos outros hotéis ruins hein!

coisas que amamos diario de viagem moorea polinesia francesa 5Optamos pelo Garden Luxury com vista para o mar. O quarto é ótimo, super amplo, com banheiro e camas enormes e muito confortável. Com relação ao hotel, ele tem uma estrutura muito boa. Conta com centro náutico, spa, três restaurantes, piscina e uma praia de cair o queixo. Não tenho do que reclamar.

comissão booking hotel grande

O que fazer

Pra contrariar o que muita gente pensa da Polinésia, Moorea oferece muitas atividades aos turistas e muitas coisas para fazer. Você pode alugar um carro, dar uma volta na ilha e conhecer os principais pontos turísticos de lá, pode fazer trilhas, andar de quadriciclo… Sem falar nas atividades náuticas, como o passeio para ver os tubarões e as arraias, jet ski e passeios para observar baleias e golfinhos.

coisas que amamos diario de viagem moorea polinesia francesa 4Os hotéis também oferecem uma excelente estrutura aos hóspedes. Aluguel de caiaques, bicicletas, paddles, pedalinhos… Sem falar no material básico de mergulho como pés de pato e snorkel.

Eu, por exemplo, optei pelo passeio dos tubarões e pelo de quadriciclo. Adorei os dois. O dos tubarões fechei com a empresa Hiro’s e foi ótimo. Eles pegam no hotel, levam até o porto de onde sai o barco e depois devolvem no hotel. Essa empresa cobrou bem mais barato que no concierge do hotel.

coisas que amamos diario de viagem moorea polinesia francesa 11O dos quadriciclos (ATVs) acabei fechando pelo hotel mesmo. O valor (U$250) é cobrado pelo aluguel do quadriciclo podendo colocar uma ou duas pessoas. O passeio dura umas 3h30 e você passa e para por diversos pontos “turísticos” da ilha, sempre parando para fotos e para dar uma descansadinha no braço.


Onde comer

Boas opções de restaurantes não faltam em Moorea. O Sofitel, apesar disso, não é um primor de gastronomia. O K Restaurant é o mais chiquesinho do hotel e as mesas são, literalmente, pé na areia, iluminadas com velas. Super romântico. Mas achei fraco no comida e carinho também. Já o Pure e o bar da piscina, são bacaninhas e oferecem opções a la carte e também buffets temáticos. Almocei neles quase todos os dias.

coisas que amamos diario de viagem moorea polinesia francesa 6Nos indicaram o Moorea Beach Café, que é de uma brasileira, e nós gostamos muito. Comida excelente, na beira da água e ainda tem transporte para te levar e buscar no hotel. O preço é mais ou menos o que você pagaria no hotel, mas o ambiente é super diferente e moderninho. Vale a visita.

Outro restaurante bacana que conhecemos foi o Te Honu Iti. Ele é mais simples, mas também é na beirinha da água e é super tradicional por lá. O chef Roger oferece um cardápio de comida francesa (apesar de bem generosa na quantidade) e opções diárias que variam de acordo com o que esta mais fresquinho no dia. O preço é bacana e você ainda tem como “atração” jantar ao lado de arraias e tubarões que aparecem ali todas as noites para jantar. Uma das garçonetes alimenta os bichos diariamente e eles batem ponto por lá no horário do jantar. Bem interessante.


Dicas

coisas que amamos diario de viagem moorea polinesia francesa 7– não esqueça o repelente;
– adaptadores de tomada serão bem-vindos;
– se não tiver uma máquina subaquática compre uma, você não vai se arrepender;
– se tiver um daqueles tênis que foram feitos para água, essas era uma boa oportunidade para usá-los;
– tudo na ilha é caro, então, traga as coisas que forem importantes pra você e só compre lá o que for estritamente necessário;
– bebidas alcoólicas compradas no dutyfree são super bem-vindas nos hotéis. Não tenha medo de comprar a sua;
– chapéu/boné, óculos de sol e protetor solar são básicos. Não esqueça deles;
– táxis são caros por aqui, evite;
– para dirigir você vai precisar da sua carteira de habilitação. Até mesmo para dirigir o quadriciclo. Então não deixe ela em casa ou guardada no hotel; 
– não compre souvenirs na parte de fora do aeroporto de Papeete. Dentro, depois que você passa pela imigração tem uma lojinha de Dutyfree que vende copinhos, imãs, esculturas e até as famosas pérolas pela metade do preço da lojinha de fora.

comissão booking hotel minicomissão real seguro minicomissão rentcars carro mini