Destinos, Istambul, Turquia

Istambul | Turquia

02 ago 2012

Conhecer Istambul, na Turquia sempre foi um sonho. Ok, sempre não, mas há algum tempo venho lendo sobre o país, a cidade e sobre tudo que eles oferecem aos turistas e cada vez mais estava ficando encantada com essa possível viagem. Então não foi dificil escolher um destino para seguir pós-África do Sul. Queria um lugar diferente, mas que ao mesmo tempo fosse romântico o suficiente para comemorar meu aniversário de namoro e que me proporcionasse experiências únicas. A escolha foi certeira.

O que ver

Istambul é uma cidade com milhares de pontos turísticos. Cada mesquita é de um jeito, cada bairro tem sua peculiaridade, cada rua tem alguma coisa nova para nos mostrar. Selecionei os pontos turísticos mais famosos e aqueles que eu considero imperdíveis numa visita, mesmo que rapida a cidade.

Palácio Topkapi: Uma das atrações de Sultanahmet. Um palácio que conta um pouco da história de Istambul e de seus sultões. Lá você pode conhecer os aposentos dos sultões e até o famoso harém onde o sultão “guardava” suas mais de 100 mulheres. Entrada TL15 + TL15 para o harém. As filas para comprar o ingresso é enorme então tenha paciência e espere a sua vez.
Blue Mosque e Hagia Sophia: ambas ficam em Sultanahmet. São lindas e super imponentes. A visita é gratuita. Evite-as no horário das orações pois ficam muito cheias. A Hagia Sophia não abre as 2as feiras, então programe-se para visitá-la em outro dia.
Cisterna Basílica: O último dos pontos turísticos (mais famosinhos) de Sultanahmet. Um lugar super bacana de ser visitado. Era o local onde ficava toda a água do sultanato. Além de ficar lindo iluminado tem toda a lenda das Meduzas, vale a visita. Em 1hora dá pra ver tudo tranquilamente.
Torre de Gálata: A torre que se destaca dos prédios ao seu redor é um ótimo ponto de visão para analisar o lado mais turistico de Istambul, além de todo o resto da cidade. De lá você avista a ponte de gálata, o mercado de especiarias, a mesquita azul e a Hagia Sophia, o Palácio Topkapi…
Palácio Dolmabahçe: infelizmente não consegui visitar esse palácio, mas depois de passar por ele fazendo o passeio pelo Bósforo fiquei com MUITA vontade de conhecer. Fica pra próxima.
Grand Bazaar: O mercado é uma delicia de passear e fazer umas comprinhas, claro. Lá você encontra desde as coisas mais típicas da Turquia até lojas mais modernas como a MAC (!!!). Dá pra ir andando desde Sultanahmet tranquilamente. Há quem diga que as coisas são mais caras lá que em outros bazares, como o de especiarias, mas achei os preços ótimos e fiz boas comprinhas. Não esqueça de negociar o preço. Sem isso você vai pagar caro mesmo. Pode jogar o preço pra menos da metade, pq eles vão levantar um pouco e você vai acabar pagando um preço bem decente. Pense o quanto está disposto a pagar pelo produto e jogue o preço mais pra baixo do que isso… se for bom pra eles, eles irão negociar.

istambul turquia dicas onde ficar o que fazer 2

O tal passeio pelo Bósforo

São tantas opções para fazer esse passeio que dizer como ou quando fazer é quase inútil, mas acho que tenho uma dica bacana aqui. Como eu tinha pouco tempo, optei por um passeio que incluia o passeio de barco + city tour de ônibus pela cidade. Não recomendo! Não pelo passeio de barco, que foi super legal, mas sim pelo passeio de ônibus que foi chatoooo demais. Além de não parar em lugares realmente significativos, ele conseguiu parar em lugares completamente inúteis e sem sentido nenhum. Ou seja, perda de tempo e dinheiro total.

Se você quer fazer o passeio de barco pelo Bósforo, em Sultanahmet o que não faltam são opções de agências que vendem os passeios. E são milhares de opções. Passeios de meio dia, de dia inteiro, de algumas horas, com almoço, sem almoço, com paradas ou direto. Ufa! Escolha o que se adequa melhor ao seu tempo, estilo e budget e vá se divertir.

Se você preferir uma coisa menos turística e mais barata, você pode optar pelos barcos que saem do porto de Eminönü e fazem a travessia normal (ferry boats). São super mais baratos que os passeios tradicionais, mas não tem as explicações sobre cada um dos pontos que vocês vão ver ao longo do passeio. A parada final desse ferry é no pequeno vilarejo Anadolu Kavali, no lado asiático. Lá vocês ficam um pouco, almoçam, passeiam até a hora de pegar o ferry novamente para voltar a Eminönü.

Onde ficar

Essa questão é super discutível. Eu acho que pra quem não conhece a cidade e esta indo pela primeira vez para turistar a melhor opção é Sultanahmet. Essa não é a opção mais badalada ou mais chic, mas é a opção que acho boa para os turistas de primeira viagem. Como foi minha primeira visita a cidade optei por Sultanahmet para me hospedar e não me arrependo nem por um segundo.

Fiquei  no Acra, um simpático hotel localizado a pouquíssimos metros da Mesquita Azul, Hagia Sophia e Palácio Topkapi. Além da localização, o preço desse hotel era bom e o café da manhã e chá da tarde eram divinos (tipicamente turcos) e recomendadíssimos. Foi uma boa escolha/indicação. Mas em Sultanahmet o que não faltam são opções: Dosso Dossi, Black Tulip, Mina Hotel, Deluxe Golden Horn Sultanahmet e Edibe Sultan Hotel.

Se preferirem ficar do outro lado, que também é bem bacana, vocês podem pensar no maravilhoso Four Seasons ou no super tradicional Çiragan Palace. Ambos na beira do Bósforo. Se quiser algo mais acessível, procure em Taksim ou Besiktas. Algumas opções são: W Hotel, Midtown, Intercontinental, Pera Palace Jumeirah, Radisson Blue Pera e The Parma Hotel Taksim.

coisas que amamos comissão hotéis

Nisantasi é um bairro super mais badalado e chiquezinho. Quem quiser sair do roteiro turístico de hospedagem pode optar por esse bairro que além de hoteis maravilhosos oferece também uma enorme variedade de restaurantes bacanas e lojas.

istambul turquia dicas onde ficar o que fazer

Como se locomover

Achei o sistema de transporte público de Istambul super eficiente (para os turistas) e fácil de usar. Dizem que o trânsito da cidade é caótico, não sei por que não precisei de carro em quase nenhum momento e isso só prova o quanto os outros meios de transporte são bons. Apesar do metrô não ser muito abragente, ele é muito útil para ir e vir do aeroporto e para te levar a lugares que os pés e o funicular/tram não levam.

Aliás, esse tram virou o amor da minha vida. Super rapidinho, baratinho e leva aos principais pontos turísticos da cidade. Quer mais o que? O bilhete de entrada você compra nas estações mesmo e podem ser em forma de cartão (pra quem for ficar mais tempo e não podem ser comprados em maquininhas, só nas bilheterias) ou em forma de moeda/token (tem uma específica para você usar). Ele funciona super bem se integrado ao metrô.

Taxis são seguros, mas opte por chamá-los dos hoteis, assim você evita trambiqueiros que podem querer te enrolar.  Fique atento ao taximetro. Muita vezes eles enrolam os turistas fazendo desligando os taximetros e cobrando bem mais caro pela corrida. Caso você vá pegar um taxi na rua, negocie o preço antes ou pergunte se o taximetro está funcionando e será ligado na corrida. É melhor prevenir do que se estressar né?! Se por acaso, seu taxi atravessar algum pedágio (como o das pontes sobre o Bósforo), é você quem paga a tarifa, ok?

Onde comer

Nossa o que não falta são boas opções de lugares para comer eu Istambul. Infelizmente por falta de tempo não pude ir a todos os lugares que gostaria, mas selecionei aqui os mais bacanas/indicados e os que eu fui e gostei.

  • Mia Mensa: Italiano super famoso. Muallim Naci Caddesi, nº 64/C.
  • Paper Moon: Indicado no guia Louis Vuitton. Nispetiye Caddesi, Akmerkez.
  • Reina Club: Pra jantar e badalar. Muallim Naci Caddesi, nº 44.
  • Cozy e Pub: Excelente. Com vista para a Mesquita Azul. Divan Yolu Cad. No: 66
  • Ulus 29: Com vista. Adnan Saygun Caddesi – Ulus Parkçi No:71/1
  • Kosebasi: Tipicamente turco. Ataehir Bulvar Ata Plaza 3/3 No: 2 Ata?ehir.
  • 360: Com super vista. Reservar com antecedência. Istiklal, 32/309
  • Konyali: Dentro do Palácio Topkapi. Vista linda. Ótimo para almoço.

Compras

Assunto que interessa a muita gente. Pra ser beeeem honesta com vocês, me decepcionei um pouco nesse quesito. Achei que as coisas seriam mais baratas. Mas mesmo decepcionada deu pra fazer umas boas comprinhas. No Grand Bazaar, você encontra as coisas mais típicas da Turquia. Olhos turcos, pashiminas, cermâmicas, tapetes e muita prata. Acho que esses são os bons investimentos para se fazer nesse mercado. Fiquei completamente enlouquecida com as cerâmicas. Queria tudo. Gostei tanto das coisas que fiquei louca para comprar um livro sobre esse tipo de cerâmica Iznik. #crazy

Para fazer aquelas comprinhas mais luxuosas em lojas como Louis Vuitton, Prada, Chanel e etc, uma boa pedida é se perder pelas ruas do bairro de Nisantasi. O bairro chique oferece várias opções de lojas como essas. Para a comodidade de encontrar várias lojas em um só lugar o Shopping Istinye Park pode ser uma boa pedida. Em Keyseri você também encontra muitas lojas bacanas, em especial nossas queridinhas Sephora, H&M, Topshop, Mango, Zara, etc. Todas na mesma rua.

Se você procura marcas turcas, indico a Flormar de maquiagem que eu experimentei e amei. A loja Beymen é um outra opção legal para compras. Uma espécie de loja de departamento que junta marcas turcas com marcas internacionais.

Como se vestir na Turquia

Essa foi uma super questão pra mim nessa viagem, afinal, estava indo para lá num super verão de 45° na sombra sabendo que eu não poderia/deveria mostrar as pernas ou os ombros. Levei várias calças menos quentes e só um short para uma emergência ou para ir a piscina no hotel de Dubai. No primeiro dia, me deparei com um calor tão grande que nem a calça mais fresca que eu tinha deu conta. Coloquei uma saia 3 dedos acima do joelho (ou seja, bem compridinha para os padrões brasileiros) e saí já preparada para as cantadas e os olhares de recriminação que receberia na rua.

Recebi alguns olhares mesmo, mas nenhum recriminando. As mulheres nem deram bola para meus joelhos aparecidos e os homens até gostaram mas em nenhum momento foram ofensivos, olharam lá como os nossos homens olham aqui uma calça mais apertada ou uma saia ainda mais curta. Não me senti ofendida e não percebi ter ofendido ninguém. Depois soube que mais do que pernas de fora, colocar os ombros a mostra é algo muito sensual para eles. De fato não sai com ombros de fora em nenhum momento, e acho que se você precisa esconder alguma coisa, esconda os ombros e o colo, e claro, roupas justas demais e curtas demais não serão bem vindas. Tenha bom senso.

Para entrar nas mesquitas é necessários sim cobrir as pernas, os ombros e o cabelo. Então leve sempre um lenço na bolsa para cobrir o cabelo e programe suas visitas as mesquitas de calça ou saias mais compridas. Algumas oferecem um pano para cobrir os ombros e as pernas, as outras não e se você estiver vestida de forma inadequada não vai poder entrar mesmo, então é bom calcular seus passeios x suas roupas.

comissão booking hotel minicomissão real seguro minicomissão rentcars carro mini

Deixe seu Comentário
 
10 Comentários em "Istambul | Turquia"
  1. […] Dubai, as regras são ainda mais rígidas que na Turquia com relação às vestimentas e demonstrações públicas de afeto. Mas ao mesmo tempo é 10 vezes […]

  2. […] Diário de Viagem: Istambul | Coisas que Amamos […]

  3. Ekiane   em 16/04/13 • 13h21

    Ola Nathakia
    Estava pesquisando o endereco da H&M em Istambul e me deparei com seu diario de viagem . Adorei.

    • Nathalia   em 17/04/13 • 09h11

      Que bom Ekiane!
      Gosto muito de fazer esses posts e compartilhar com vocês as minhas experiências de viagem.
      Além de ajudar, acho que é bacana ler sobre isso antes de ir, sabe!?

      Beijinhos

  4. Sidney   em 12/04/13 • 10h12

    Gostaria de saber se sete dias é suficiente para conhecer bem Istambul?

    • Nathalia   em 12/04/13 • 10h14

      Oi Sidney…

      Depende do seu rítmo. Acho que 7 dias são mais do que suficientes.
      Na minha opinião, em 5 dias bem aproveitados você consegue conhecer tudo numa boa.

      Beijos

  5. Lore   em 07/08/12 • 13h16

    Ótimo relato que irá me ajudar muito na minha viagem para lá em alguns meses.

  6. Bóia Paulista   em 06/08/12 • 10h07

    Oi, Nathalia! Tudo bem? 😉

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem. Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia Paulista

  7. Emeline   em 03/08/12 • 13h52

    Agora entendi o short+blusa peplum das fotos… =D

  8. Dea   em 03/08/12 • 00h03

    Que lugar legal!!

Voltar para a Home