Destinos, Estados Unidos, Park City

Park City | Estados Unidos

13 mar 2012

Antes de tudo, deixe-me apresentá-los a Park City. Uma cidadezinha bem inha mesmo a mais ou menos 45 munitos de Salt Lake City, no estado de Utah, nos Estados Unidos. A cidade é conhecida por suas montanhas ótimas para a prática de ski/snowboard, excelentes restaurantes e seu famoso festival de cinema: Sundance (comandado por Robert Redford). Pra chegar em Park City é necessário pegar um vôo para Salt Lake City, que é o aeroporto que fica mais perto ou então, ir de carro mesmo. As estradas são excelentes e você não encontrará dificuldades em chegar.

A cidade

A cidade é bem pequenininha então tudo fica mais ou menos concentrado na Main Street, que é a rua principal. Lá você vai encontrar várias lojinhas, restaurantes, o Egyptian Theater (cinema que abriga o festival), alguns bares/boates e o urso símbolo da cidade. Passear na Main Street é obrigatório. Além de ser uma delicia ver aquelas casinhas coloridinhas você vai ver tudo que acontece na cidade. A região da Main Street é a parte mais central, por isso digo que a cidade é pequenininha, mas na realidade, essa região que é.

Me hospedei no Treasure Mountain Inn e amei. Excelente localização e hotel super confortável com mini cozinha, cama grande e muito espaço. Um dos melhores custo x benefícios que achei por lá. Quem quiser um hotelzão mais chique, pode ir direto para o Stein Ericksen. é um dos melhores da cidade. Outras opções são: Marriot (outro com bom custo x benefício), Waldorf Astoria, The Chateaux e Washington School House Hotel

comissão booking hotel grande

As montanhas

Nessa região você encontra a primeira montanha da cidade: Park City Mountain Resort. Acho que é também a maior. Foi nela que eu tirei essas fotos ai em baixo, pois foi a única em que eu esquiei. A vantagem dela é estar bem no centro da cidade então é super fácil e rápido de chegar e sair de lá. Ótimo pra quem não esquia e está apenas acompanhando os amantes do esporte. Lá tem restaurantes, lojinhas, uma montanha russa na neve (eu fui!) e uma tiroleza pra entreter quem não quer se arriscar.

Outra montanha muito conhecida é o Deer Valey. Essa é uma montanha menor e bem mais exclusiva. Nela só é permitido fazer esqui. Snowboarders não são bem vindos. É a montanha mais cara e a menor, porém, a mais bonita (segundo pessoas que conhecem bem as três). Na região você encontra o Hotel Butique Stein Ericssen, alguns restaurantes e lojinhas mais requitadas de material esportivo.

Last but not least, The Canyons. Acho que é a montanha menos conhecida, por isso, tem menos gente, o que é uma grande vantagem pra quem gosta de esquiar e/ou fazer snowboard. Outra vantagem dela é o preço, ela é a mais barata das três. A única coisa ruim é que ela é um pouco mais afastada no centro da cidade. Mas tem diversos ônibus com horário marcado que te levam até ela em mais ou menos 25 minutos.

Como se locomover

Essa é uma preocupação que você não precisa ter. Durante o dia, a rede de ônbibus da cidade te leva para qualquer lugar de graça e com hora marcada. Os ônibus saem da “rodoviária” que fica numa rua paralela a Main Street e tem hora marcada para passar em todos os pontos da cidade. Assim que chegar peça no seu hotel os horários dos ônibus/pontos em que param. Eles são separados por cor e todos tem horários para passar nos pontos.

Além disso, na Main Street é possível usar o trolley pra subir e descer a rua. Apesar de não ser muito grande, no frio e depois de horas esquiando, o trolley vai ser uma mão na roda pra te ajudar a subir aquela ladeirinha. Ele também é gratuito e tem horário certo para circular.

Onde comer

O que não falta são opções de bons restaurantes na cidade. Na Mains Street você encontrará vários, entre eles o Zoom do ator Robert Redford, famoso por sua decoração diferenciada e com um quê de cinema francês do séculos 30,  o bistrô 412 que eu fui e gostei muito, o Chimayo e o Wahso, que eu não fui mas li ótimas críticas sobre esses restaurantes. Ainda nessa região central você encontra o Butcher’s Chop House & Bar que tem uma comidinha delicia. Quem quiser se jogar, a especialidade da casa é o hamburger de kobe beef.

Nas montanhas você também encontra ótimos restaurantes, tanto na base quanto no alto delas. Aí cabe a você escolher o que gosta mais, qual o estilo de comida, quanto quer gastar, se quer se locomover para comer ou não… Como disse aqui, escolhi um dia para jantar no restaurante do hotel Stein Eriksen em Deer Valey e foi uma delicia.

O que fazer?

Não aguenta mais esquiar? Não gosta de neve? Não quer nem experimentar? Fica tranquilo, lá tem muita coisa pra gente como você. Para se jogar nas compras (principalmente nas roupas de inverno) você pode pegar um ônibuszinho free até o Tanger Outlet e se jogar nas comprinhas. Mas se você é mais radical, pode ir na montanha russa na neve – Alpine Coaster – em Park City Mountain Resort ($20 por pessoa) ou ainda fazer bobsled no Utah Olympic Park.  Se você é super radical pode conhecer o Homestead Resort um lugar onde você pode mergulhar em uma cratera numa rocha de calcário em formato de colméia com 17 metros de altura e cheia de água mineral azul como no Caribe, com temperaturas entre 32º e 36ºC. Mesmo na estação de neve, ele oferece natação, mergulho com snorkel e scuba. É preciso fazer reserva.

Acho que com essas dicas você vai se sair muito bem em Park City. Aproveite a cidadezinha e divirta-se muito nas montanhas, mesmo que não seja esquiando.

comissão booking hotel minicomissão real seguro minicomissão rentcars carro mini

 

Deixe seu Comentário
 
7 Comentários em "Park City | Estados Unidos"
  1. […] A cidade no pé da estação é uma graça, e tem um jeitão de velho oeste e conta com uma ótima estrutura hoteleira pra quem quer passar vários dias esquiando por lá. Veja neste post do Coisas que Amamos mais detalhes sobre esquiar em Park City. […]

  2. bruna   em 23/04/16 • 21h16

    boa noite, estou pensando em ir para Park City em novembro, mas queria ter idéia de quanto custa o aluguel do vestuário para neve, equipamentos para ski e entrada nas pistas, você pode me informar a média que pagou?

    • Nathalia   em 28/04/16 • 17h38

      Oi Bruna! Não lembro exatamente dos preços pois já fui faz um tempo.
      Dá uma olhada nos sites e vê se você encontra alguma coisa.

      Beijos

  3. maruza   em 01/02/13 • 14h18

    Uhhhuuuuu!!!!
    Indo pra lá semana que vem e espero aproveitar todas as dicas.
    bjsss

  4. Joubert   em 14/01/13 • 22h43

    ok..obrigado….qquer duvida te falo…
    beijos

  5. Joubert   em 14/01/13 • 22h13

    Oi, Nathalia, tudo bem ? Primeiro quero agradecer pelas dicas e seu blog e otimo, estou fazendo meu roteiro por ele. Tenho duas perguntas 🙂 Estou indo pra California em maio com uma amiga, a principio pensei e fazer LA (meu voo sai e chega em LA), depois San Diego, San Francisco e LV. Estou um pouco desaimado com San Diego, nao achei coisas muito interessantes pra fazer la, acho que Park City, seria mais interessante. Nao vou estar de carro (ou ainda nao decide), mas e muito complicado sair de Vegas e ir ate Park City? Vc acha que uns tres dias e suficiente ? Depois ei consigo sair de la e ir direto pra LA ou SF ? Sera que em Maio eu consigo skiar ?
    MUito obrigado,
    Joubert

    • Nathalia   em 14/01/13 • 22h27

      Oi Joubert!

      Acho que fazer a costa da California deve ser uma viagem incrível eu só não fiz por falta de tempo.
      Comece por São Franscisco e vá descendo passando por San Diego, Carmel, LA e dê uma esticadinha até Vegas (pode fazer o contrário também!)
      Acho que você deve decidir se quer fazer a costa ou se quer fazer algumas cidades e depois esquiar, apesar de que em maio você provavelmente não vai encontrar nenhuma estação de esqui aberta.
      Tenho quase certeza de que em maio não é possível esquiar em Park City então vale a pena você dar uma pesquisada se você quer conhecer a cidade sem neve mesmo.
      De Vegas para Park City não tem voo direto. Eu peguei um voo para Denver e de Denver para Park City peguei um transfer. Denver é o aeroporto mais perto da cidade.
      Sem neve 3 dias são suficientes. Eu passei 4 dias lá e foi legal. Deu tempo de esquiar, conhecer o outlet, ir a bons restaurantes…

      É isso!
      Se tiver dúvidas é só falar.
      Beijos

Voltar para a Home